Futebol / Esportes

29/08/18 - 00h48 - atualizada em 29/08/18 às 00h58

Seis anos depois, Sergio Malucelli volta a administrar futebol do Iraty

Ex-gestor deixou o clube depois que o Azulão foi rebaixado para a 2ª Divisão durante o Campeonato Paranaense de 2012

Edilson Kernicki, com reportagem de Tadeu Stefaniak 

Presidente do Iraty, Cícero Moreira Gomes (Xiru), foi até Londrina para fechar acordo com empresário Sérgio Malucelli

O ex-gestor e ex-presidente do Conselho Deliberativo do Iraty, Sergio Malucelli, da empresa SM Sports, decidiu voltar a administrar o futebol do clube. No ano passado, já se cogitava essa possibilidade, porém o empresário despistou.

O presidente do Conselho Diretor, Cícero Moreira Gomes (Xiru), confirmou na manhã desta terça-feira (28), por telefone à reportagem da Rádio Najuá, que o antigo gestor do Azulão fechou parceria com o clube. Gomes foi até o Centro de Treinamento (CT) da SM Sports, em Londrina, para conversar pessoalmente com Malucelli e tratar do assunto. “Já está definido, de palavra; falta ainda aparar algumas arestas e transformar isso em documento. Mas, a princípio, a SM Sports está nos cedendo jogadores do seu elenco, comissão técnica e nos cederia os alojamentos aí [em Irati], que já foram devidamente reformados e estão em perfeito estado de condições”, afirma Xiru.

Ouça a entrevista exclusiva com Xiru e Sérgio Malucelli no fim do texto

PUBLICIDADE

“Estamos conversando e realmente vamos acertar para administrar o Iraty, na parte esportiva, já no próximo Campeonato”, confirma o empresário. Os jogadores que vão compor o plantel serão os da SM Sports e a comissão técnica ainda deve ser definida. Entretanto, Play de Freitas é o primeiro nome cotado para assumir o Azulão. Por enquanto, não houve decisão sobre qual o cargo dele nessa comissão técnica.

PUBLICIDADE

Os trabalhos de pré-temporada do Iraty, que permanece na 2ª Divisão do Campeonato Paranaense no ano que vem, devem começar a partir de novembro, com vistas ao início da temporada 2019 em fevereiro. A documentação sobre esse novo acerto entre Iraty e SM Sports deve ficar pronta até o fim de setembro, assegura Malucelli.

A Casa do Atleta passou por reformas e dentro de 30 dias deve estar em plenas condições de acolher novos jogadores. Questionado se atletas locais podem se juntar aos 18 jogadores do SM Sports, Malucelli diz que ainda é cedo para afirmar qualquer coisa a esse respeito. “Temos que avaliar tudo o que nós vamos precisar, acertar a comissão técnica para aí falar sobre os jogadores”, afirma.

“Falar sobre o que já passou não adianta mais, porque não vai mudar; já aconteceu. Temos que pensar no futuro, daqui para frente, no que podemos fazer. O que passou não adianta falar”, comenta o gestor do SM Sports, ao ser indagado sobre a situação financeira e o trabalho realizado pelos últimos gestores do Iraty.

PUBLICIDADE

Com contrato vigente com o Londrina até 1º de janeiro de 2021, a ideia de Sergio Malucelli, em princípio, é a de não renovar com o clube do Norte Paranaense.

“Vamos fazer o trabalho como sempre fizemos, pensando na volta do Iraty à 1ª Divisão e amanhã ou depois, no cenário brasileiro; temos que buscar vaga na Série D, depois C, na Copa do Brasil. Aos poucos, vamos conquistando os objetivos. O torcedor que comece a confiar novamente, porque vamos trazer o Iraty de volta à 1ª Divisão”, promete Malucelli.

Possibilidade de Play de Freitas comandar o time

Sobre a decisão de incluir Play de Freitas na comissão técnica do Iraty nessa nova empreitada, Xiru destaca que Malucelli perguntou com quem o clube havia trabalhado recentemente, pois o pessoal que hoje atua no SM Sports está comprometido com as categorias de base e com o profissional e não poderia vir a Irati. “Falando em comissão técnica, ele disse que estava com dificuldade em encontrar alguém que pudesse se deslocar daqui [de Londrina até Irati]. Ele tem todos os componentes dessa área comprometidos com a base, com o próprio profissional, e perguntou os nomes que o Iraty tinha trabalhado recentemente. Disse para ele que foi um pessoal de fora, que vinha junto com os gestores, e que o Play atuou, e também o Marco Antônio, que ajudou, de alguma forma, o Play. De imediato, o Sergio disse ‘eu gosto do Play’ e eu respondi ‘bem, fica a seu critério’”, relata o presidente do Conselho Diretor do Iraty, sobre a reunião com o gestor da SM Sports.

Segundo Xiru, é o próprio Sergio Malucelli quem está definindo a comissão técnica e não houve, de fato, uma indicação do Conselho Diretor a esse respeito. “São apenas os nomes que dissemos que tinham passado recentemente pelo Iraty. Na verdade, a indicação foi do Sergio e ele nos disse que isso não está definido. Ele disse que gostaria de trabalhar com o Play. Daí a um convite oficial acho que é só uma questão de decisão bem mais dele. A receptividade foi boa e entendo que, de palavra, está sacramentado. A questão agora é definir detalhes e uma documentação se faz necessária, mas, em nenhum momento, o Sergio hesitou nessa questão da parceria”, acrescenta.

Play de Freitas pode voltar a comandar o Iraty em 2019

Xiru afirma que o Conselho Deliberativo não precisa ser consultado sobre o novo acerto com Sergio Malucelli. “Durante muito tempo, o Conselho nos fez crer que havia a necessidade de documentos e contratos passassem pelo Conselho Deliberativo. Espero que isso tenha sido um engano, que não tenha sido de má-fé, mas fomos consultar o Orlando Colaço, que é especialista em estatutos e ele nos afirmou que, documentalmente, os contratos não têm necessidade de passar pelo Conselho Deliberativo, senão não precisaria de um Conselho Diretor, o clube ficaria engessado, amarrado”, justifica.

Saga em busca do retorno ao auge

Fora da elite do futebol paranaense há seis anos, desde que foi rebaixado da 1ª Divisão do Estadual, o Iraty retomou o futebol profissional em 2016, disputando a terceirona, onde conquistou o vice-campeonato e o acesso à 2ª divisão. Em 2017, o time ficou próximo de conseguir o acesso para a 1ª divisão, mas perdeu a classificação ao ser derrotado pelo União, por 1 a 0, no último jogo da segunda fase.

Quinze pessoas ficaram feridas quando o ônibus que levava a delegação até Maringá, onde disputaria um jogo pela Taça Federação Paranaense de Futebol Sub-23, em agosto do ano passado. O ônibus levava 18 atletas, três membros da comissão técnica e o motorista. O acidente ocorreu na BR-153, em Imbituva, no dia 19 de agosto.

PUBLICIDADE

Em 2012, a queda do Iraty à 2ª Divisão do Paranaense culminou com o encerramento das atividades do futebol profissional. Na época, o empresário Sérgio Malucelli também deixou de investir no clube. A direção do Azulão, à época, alegou que o baixo número de torcedores no estádio – que foi diminuindo diante da fraca campanha daquele ano; problemas financeiros e a falta de um investidor foram as justificativas do clube para encerrar as atividades do futebol profissional.

A decisão encerrou um ciclo que foi do auge ao fracasso. Em 1991, o Iraty retomou o futebol profissional disputando a chamada divisão intermediária do futebol paranaense, que foi campeão em 1993, o que assegurou o ingresso na elite. Em 1994, foi campeão do Grupo B, e 5º na classificação geral. Repetiu o feito em 1997, tendo concluído a 1ª fase do Grupo B invicto. Em 1998, foi o Campeão do Interior e terminou em 4º lugar no Campeonato Paranaense.

PUBLICIDADE

No ano seguinte, caiu para a 2ª Divisão. Porém, em 2000, recuperou a vaga na elite do futebol paranaense, ao ficar em 2º lugar na 2ª Divisão. E voltou com tudo: em 2001, foi o 6º lugar na competição estadual e o 24º na Série C do Brasileirão. Em 2002, veio finalmente o título de campeão estadual. Na oportunidade, os times grandes da Capital não disputaram a competição, em virtude da participação na extinta Copa Sul-Minas.

Até 2005, ficou entre os cinco melhores no Campeonato Paranaense: 5º em 2003; 4º em 2004 e 3º em 2005. Em 2006, caiu para a 8ª posição, apesar de ter o artilheiro do campeonato: Leandro, que fez 18 gols.

Em 2010, voltou a ser o Campeão do Interior, tendo ficado em 3º no Campeonato Paranaense.

Dois anos mais tarde, teve uma das piores campanhas de sua história, quando venceu apenas uma das 22 partidas disputadas na 1ª Divisão do Campeonato Paranaense. Só em 2016 o futebol profissional foi retomado, com uma boa campanha na terceirona, em que conquistou o 2º lugar e o direito de disputar, em 2017, a 2ª Divisão, onde permaneceu em 2018 e continua no ano que vem.

Quer receber notícias locais? Envie whats para 42 991135618 SIM NOTICIAS ou cadastre seu e-mail na newsletter pelo site da Najuá

Confira a entrevista com Xiru e Sérgio Malucelli

Comentários