Futebol / Esportes

15/07/12 - 21h01 - atualizada em 16/07/12 às 17h19

Serrano vence Paraná com gol, aos 44 minutos do 2º tempo e evita rebaixamento

Herói do Tigre foi o lateral-direito, Igor Pontes, que marcou o único gol da partida realizada neste domingo, 15, no estádio Newton Agibert
Rodrigo Zub

 
O lateral-direito, Igor Pontes foi o grande herói do Serrano na tarde deste domingo, 15. Aos 44 minutos do 2º tempo, ele recebeu cruzamento na área e de cabeça marcou o gol da vitória do Tigre sobre o Paraná Clube. O placar de 1 a 0  no estádio Newton Agibert, em Prudentópolis, foi o suficiente para evitar a queda do time de Carlos Nunes para a 3ª divisão.

Serrano terminou a divisão de acesso na 8ª posição com 21 pontos
Com o resultado, o Serrano terminou sua participação na divisão de acesso do Campeonato Paranaense com 21 pontos. Em 18 jogos, o Tigre venceu apenas cinco, empatou seis e saiu de campo derrotado sete vezes.  A péssima campanha deixou o clube apenas uma posição a frente da zona de rebaixamento. Entre as dez equipes que disputaram a segundona, o Serrano encerrou a disputa em 8º lugar. Grecal de Campo Largo e Grêmio Maringá, último e penúltimo colocados na soma dos dois turnos caíram para a terceirona.

Do outro lado, nem mesmo as duas derrotas consecutivas no encerramento da 2ª divisão tiraram o brilho da campanha paranista na competição. O time de Ricardinho conquistou o acesso para a 1ª divisão em 2013 com facilidade vencendo os dois turnos da segundona. De quebra, o time ainda ajudou o Cincão de Londrina, 2ª colocado na classificação geral, a garantir sua vaga de forma inedita na elite do Campeonato Paranaense.

O jogo

A partida entre Serrano e Paraná Clube teve poucas emoções no primeiro tempo. Campeão antecipado da competição, o tricolor da Vila Capanema mandou sua equipe Sub-20 para Prudentópolis. Nem mesmo o treinador Ricardinho viajou para a região Centro-Sul.

A inexperiência dos jovens atletas paranistas fez com que o time não apresentasse o mesmo futebol de outras partidas. Mesmo assim, o Serrano não soube tirar proveito da situação.  Com isso, a primeira oportunidade de gol só aconteceu aos 18 minutos do 1º tempo. Igor Pontes arriscou de fora da área e mandou a direita de Jociel Henrique. A resposta do Paraná foi rápida. Três minutos depois, Aymen cruzou para a área em direção de Thiago Bispo, mas o zagueiro Leandro evitou a finalização cortando pela linha de fundo.

Precisando da vitória para evitar a queda, o Serrano resolveu ir para o ataque no fim do primeiro tempo. Nos 15 minutos finais, a equipe criou três boas oportunidades. Aos 30, Everton cobrou falta para a área e Nathan chutou por cima do gol.  Poucos depois, Everton fez boa jogada individual, mas finalizou à direita da meta paranista. No último minuto do tempo regulamentar, Nathan chutou forte da intermediária e tirou o grito de uh, do torcedor prudentopolitano.

Gol salvador no último minuto

Faltou inspiração e sobrou disposição para as duas equipes no 2º tempo. Com dificuldades para finalizar as duas equipes abusaram do direito de errar passes e cometer faltas. Desta forma, quem compareceu ao estádio Newton Agibert precisou ter paciência com o futebol apresentado por Serrano e Paraná Clube. 

O primeiro lance de perigo da etapa complementar ocorreu apenas aos 30 minutos. Aymen cobrou falta com categoria e obrigou Val a espalmar pela linha de fundo. Desesperado o Serrano partiu em busca do gol salvador, mas deixou espaços na defesa. Aos 40, Júlio César partiu em velocidade pela direita e cruzou para Dudu que dentro da grande área perdeu um gol inacreditável, mandando por cima da meta de Val.

O gol perdido custou caro para os visitantes. Aos 44 minutos, na base do abafa, o Serrano conseguiu o tão almejado gol. Alan levantou para a área e o lateral Igor Pontes apareceu na segunda trave para desviar sem chances para Jociel. Durante a comemoração do gol houve uma confusão generalizada que resultou na expulsão de quatro jogadores. Everton e Canela pelo lado do Serrano e Douglas Duarte e Dudu do Paraná Clube.

Nos acréscimos, Thiago Bispo ainda tentou o empate em finalização de fora da área, mas mandou longe do gol de Val.

Com a vitória por 1 a 0 o Serrano garantiu sua permanência na divisão de acesso em 2013.

Ficha Técnica:
Serrano 1x0 Paraná Clube
Estádio: Newton Agibert, em Prudentópolis
9ª rodada do 2º turno da 2º divisão
Árbitro: Anderson Araci Guimarães
Auxiliares: Flávio Húpalo e Sidnei Eduardo Rodrigues
Público pagante: 261; Público total: 311; Renda: R$ 2.610
Cartões amarelos: Val, Lucleiton, Carreta e Nathan (Serrano); Lucas Paiva (Paraná)
Cartões vermelhos: Everton e Carreta (Serrano); Douglas Duarte e Dudu (Paraná)
Gol: Igor Pontes, aos 44 minutos do 2º tempo (Serrano).

Serrano: Val, Igor Pontes, Thiago, Leandro e Abimael: Lucleiton, Evandro (Carreta), Everton e Canela; Marcelinho (Adam) e Narhan (Alan). Técnico: Carlos Nunes.

Paraná: Jociel, Lucas Paiva, Fransuar, Henrique Alemão e Douglas Duarte; Bruno Henrique, Igor (Neto), Leandro Vilela (Wellington) e Dudu; Aymen (Júlio César) e Thiago Bispo. Técnico: Milton do ó



Comentários