Geral / Esportes

27/12/19 - 10h02 - atualizada em 27/12/19 às 11h16

Tigres arrecada 275 kg de alimentos em futebol solidário

Iniciativa foi realizada por um grupo de amigos de Rio Azul pelo quarto ano consecutivo e beneficiou a Pastoral Social do município, que atende famílias carentes

Rodrigo Zub, com fotos Matheus Gueltes e Gilvan Woiciechowski


O mês de dezembro é marcado por ações de solidariedade em prol de famílias necessitadas. Pensando em cumprir esse objetivo, um grupo de amigos de Rio Azul se reuniu pelo quarto ano consecutivo para arrecadar alimentos através de um jogo amistoso que foi realizado no sábado, 21, no campo de Society do Martins Centro de Eventos, onde o resultado era o que menos importa. Dessa vez, o “futebol solidário” promovido pelos integrantes do Tigres Futebol e Cerveja bateu recorde de arrecadações com 275 quilos, que foram entregues para a Pastoral Social da cidade.

Um dos idealizadores da iniciativa, o gerente de negócios da Cooperativa Sicredi, Matheus Gueltes, destaca que a ação vai fazer a diferença para muitas pessoas carentes do município, que não tem condições de adquirir uma cesta básica, por exemplo. “Compartilhar com o próximo é o ato mais sincero de solidariedade que alguém pode fazer. Agradecemos a colaboração e presença de todos os amigos em mais um futebol solidário. Momento de descontrair, confraternizar e comemorar mais um ano que chega ao fim. Momento também de ajudar a quem precisa e fazer o bem ao próximo”.

Matheus agradece o empresário Jair Bucco Martins por ceder o campo de futebol Society de forma gratuita para realização do futebol solidário e enaltece a amizade e o companheirismo entre os integrantes do Tigres. “Desejamos a todos que o ano de 2020 seja repleto de felicidade, saúde e realizações. São os votos do time Tigres F.C. Muito mais que um time, uma família! Que Deus abençoe e ilumine a todos vocês”.

Aproximadamente 30 desportistas participaram do futebol solidário, inclusive com a presença de moradores de Mallet. Cada um contribuiu com alimentos não perecíveis. Alguns que não puderam comparecer também doaram alimentos e outros contribuíram financeiramente para a compra dos produtos. A mobilização por meio de um grupo no WhatsApp alcançou a população de Rio Azul e até de pessoas que já residiram no município, mas que atualmente estão morando fora por motivos profissionais ou de estudos.

CLIQUE AQUI E RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS PELO WHATSAPP

PUBLICIDADE

Com isso, a arrecadação superou as expectativas em 2019 e dobrou o número de contribuições do ano passado, quando 110 kg de alimentos foram destinados para a própria Pastoral Social. Nos anos anteriores, as entidades beneficiadas foram o Lar dos Velhinhos em 2016 e a Pastoral Social em 2017.

Conheça o trabalho da Pastoral Social

A Pastoral Social foi criada há mais de 30 anos e desde então, passou a ser conhecida desta forma. O nome oficial da entidade desde 2003 é Associação Beneficência Católica Padre João Salanczyk (ASBEC). A presidente Nádia Boiko Rymsza relata quais atendimentos a entidade realiza. “Objetivo é a promoção humana. Trabalhamos junto com a Pastoral da Criança. O que fazemos em primeiro lugar é a evangelização e depois formação mensal com as líderes das comunidades e cidade. São todas voluntárias que fazem visitas às famílias acompanhamento das gestantes e crianças. Ajudamos as famílias necessitadas com cestas básicas, remédios, roupas e também transporte de doentes. Quando nos pedem fazemos pagamento de água e luz dentro das possibilidades financeiras. Oferecemos também verduras que recebemos dos agricultores através dos projetos da Conab e Compra Direta do governo federal. Toda semana fazemos entrega para as famílias. Também trabalhamos com o Clube de Mães e horta comunitária praticamente toda semana”.

Segundo Nádia, a nova sede da instituição fica em frente ao hospital São Francisco de Assis. A entidade atende famílias de todas as comunidades de Rio Azul e de qualquer religião. “Lembrando que a entidade vive de doações e sem fins lucrativos. É uma obra de caridade”, afirma a presidente da Associação.

Entre as famílias beneficiadas com as doações estão moradores da Vila Feliz, Beira Linha, Vila Diva e Rio Azul dos Soares.


Comentários