Matérias / Irati de Todos Nós

09/08/12 - 14h47 - atualizada em 09/08/12 às 15h59

O maravilhoso futebol de Irati - Parte V

Por José Maria Gracia Araújo

                             
JULES RIMET foi eleito presidente da FIFA em 1929, função que exerceu até 1954, idealizou e organizou a COPA DO MUNDO, sendo a primeira de suas versões realizada em 1930, no Uruguai. Posteriormente a COPA que levou o seu nome JULES RIMET, ficou definitivamente de posse do Brasil em 1970, após a conquista de três títulos mundiais: 1958 na Suécia; 1962 no Chile e 1970 no México. 


O meu Boa tarde a todos vocês, prezados ouvintes. Ouvintes que nos acompanham nestas tardes de sábado. Desejo-lhes muita paz, harmonia e amor em seus lares e em seus corações.

Professor, José Maria Orreda, o programa IRATI DE TODOS NÓS, só tem a lhe agradecer pela sua sensibilidade em preservar essa belíssima história dos primórdios do nosso futebol. Somente assim, podemos hoje estar revivendo a trajetória de um dos mais antigos clubes de futebol do Paraná, o nosso querido IRATY SPORT CLUB.

Fico muito satisfeito, Zé Maria Araújo, em poder continuar contribuindo com teu programa para que o público iratiense, mais uma vez, se conscientize da grande importância que o Iraty Sport Club tem para com a história dos esportes do nosso município.

Mas, vamos em frente, professor Orreda! 

Estamos adentrando agora no ano de 1930. Ano em que poucas atividades esportivas foram desenvolvidas em nossa região. Em 04 de maio de 1930, o Jornal O SUL, publicava em sua edição de número 36 a seguinte matéria:
“Consoante nota por nos publicada anteriormente, realizou-se domingo 27 de abril findo, dois encontros de futebol que estavam sendo ansiosamente esperados. Em partida preliminar, bateram-se os Clubs Guarany de Prudentópolis e Apollo de nossa cidade”. A matéria do Jornal O SUL continuava assim dizendo: “Neste embate que foi muito equilibrado, venceu o quadro local, pelo apertado escore de 2 x 1. Na lucta principal, travada entre os quadros do Pátria de Guarapuva e o Iray Sport Club, venceu este pela significativa contagem de 8 x 0. Empanou o brilho desta tarde esportiva o mau tempo, pois tivemos um domingo typo “choramingas”, não impedindo assim mesmo, regular assistência que torceu com inthusiasmo, debaixo de formidável aguaceiro. A embaixada do Guarapuava esteve hospedada no Hotel Estrella. O Sympathico e querido Grêmio Flores da Primavera, offereceu aos visitantes, nos salões do Club do Commercio, um animado baile”. Viram só, prezados ouvintes, como eram glamurosos os eventos esportivos do nosso passado. 

Mas, nem só o AZULÃO, pontificou com seu futebol o ano de 1930, a nossa seleção também se fez presente ao primeiro Campeonato Mundial de Futebol, atuando neste importante certame com: Velozo, Zé Luiz e Itália; Hermógenes, Fausto e Fernando; Benedicto, Russinho, Carvalho Leite, Preguinho e Moderato. Atuaram ainda, Joel e Araken. 


Professor Orreda, o ano de 1930, como já havia mencionado, não apresentou uma atividade esportiva muito intensa, para Irati e região. Já, o ano de 1931, foi mais fértil esportivamente, apesar de termos passado por momentos políticos bastante conturbados devido a uma revolução interna no país. Mas, mesmo assim, algumas atividades não deixaram de ser realizadas e com isso, novamente, o Jornal O SUL, em sua edição de 04 de janeiro daquele ano de 1931, assim se pronunciava: “A Revolução Vitoriosa, que veio para regenerar os costumes políticos do paiz, trouxe consigo o desanimo entre os esportistas de nossa terra”. E prosegue: “Fundou-se uma Liga Esportiva e com ella cresceu o número de clubs pebolisticos, mas... onde está hoje aquella animação que ainda reinava em setembro último? Terá aquella útil iniciativa esmorecido tão cedo? Cremos que não! O povo espera deliciar-se com aquellas apreciadas tardes esportivas que nos proporcionou a Liga. Avante pois!”

Que maravilhoso idealismo havia entre os esportistas locais, naqueles velhos e bons tempos do inicio da pratica do nosso futebol em Irati. Muita garra, muita dedicação e força de vontade, devem ter sido necessárias para que os esportes iratienses, daquela época, não desaparecessem por completo.

Mas, foi em 29 de março, daquele mesmo ano de 1931, que o Iraty patrocinou a vinda à nossa cidade de uma das, então, melhores equipes do Paraná; O Pelestra Itália da Capital do Estado. Para esta memorável partida de futebol o Iraty jogou com: Makiolki, Canoco e Sabastião; Hilário, Egas e Alvim; Pedro Anciutti, Nininho, Meneguello, Dominguito (jogador do Guarany de Ponta Grossa) e Netto; e o Palestra Itália formou com: Dante, Anjolito e Chiquinho; Andreata, Dula e Athaide; Valdomiro, Vani, Gabardinho, Patesko e Aguiar. 


Professor Orreda, nos conte um pouco mais sobre o time do Apollo Foot Ball Club, que me parece ter surgido para o nosso futebol lá pelo início da década de 30, não é mesmo, professor?

Exatamente, Zéca Maria. Em meu livro, na página 71, esta registrada a integra de um convite feito aos sócios do Apollo Foot Ball Club, para uma Assembléia Geral, que estava assim redigido:

“De ordem do Snr. Presidente tenho o prazer de convidar a todos os sócios do Apollo Foot Ball Club para a Assembléia Geral, a realizar-se em 13 do corrente às 20 horas na Pharmacia Pessoa. Outrossim, ficam convidados os mesmos senhores sócios para a eleição da nova Diretoria a realizar-se em 30 do corrente e posse no dia 03 de maio. A eleição será realizada no edifício da União Operaria, as 20 horas na Secretaria do Apollo Foot Ball Club, em 11 de abril de 1931. Assinado Altino Miranda, secretário”.

E não é só isso, Zé Maria, que esta registrado em meu livro. Nas paginas seguintes aparecem outras reportagens jornalísticas comentando sobre os inúmeros eventos esportivos que estavam acontecendo naquele início do ano de 1931. 

É isso mesmo professor Orreda, e com o seu consentimento gostaria de comentar sobre toda essa euforia esportiva/social que Irati estava experimentando naqueles dias:

O Jornal O SUL, em 19 de abril de 1931, também, comentava: “O novel e já victorioso Apollo Foot Ball Club, iniciou os trabalhos para construção de seu novo campo de desportos. Fazemos os nossos votos para que o Apollo consiga terminar o seu campo o mais breve possível, pois com isso augmentará o prestigio de nossa cidade em matéria esportiva”.

Comentava ainda, o mesmo jornal, em sua edição nº 72: “Quarta feira última, na Sociedade União Operária realizou-se a eleição da nova Diretoria do Apollo Foot Ball Club, a qual ficou assim constituída: Presidente – João de Mattos Pessoa; Vice-Presidente – Santos Thomaz; 1º Secratário – Luiz da Silva Zalenski; 2º Secretário – Antenor d’Almeida; Diretor de Esportes – José Durski Júnior”.
 

Outra sociedade esportiva que estava se estruturando, naquele início da década de 30, era a Sociedade União Allemã, especializada em esportes de quadras e ginástica corporal. Como sempre acontecia o Jornal O SUL, divulgou as seguintes atividades da entidade: “A UNIÃO ALLEMÃ, através da sua Sessão de Gymnastica, tem a honra de convidar as senhoras dos sócios e as senhoritas, filhas de sócios desta sociedade, que queiram entrar na Sessão de Gymnastica para senhoras, a comparecerem domingo, dia 26 do corrente, às 5 horas da tarde, na sede social, a fim de inscreverem-se na lista. Iraty 24 de Abril de 1931”. O SUL.

Outra atividade esportiva que surgiu em Irati, naquele inicio da década de 30, professor Orreda, foi o TÊNIS. Imagino que tenha sido uma grata surpresa para toda a população da, então, pequenina vila perdida no sertão paranaense. O tênis, àquela época, era um esporte restrito aos grandes centros e só praticado pela alta sociedade brasileira. Como, a minúscula Irati estaria conseguindo aderir a tão nobre esporte? Pois é, em seu livro, caro professor Orreda, você nos conta o seguinte:

Em 1931 iniciou-se a prática do tênis em Irati, com a conclusão da primeira quadra, no Estádio do Iraty Sport Club. O Jornal O SUL, já em agosto de 1930, em uma de suas edições, afirmou que: “Por iniciativa do distinto desportista Dr. José Augusto da Silva, foi organizado um livro de honra, com o fim de angariar donativos para a construção de uma quadra de tênis, nos fundos do campo de Iraty Sport Club”.


Sob todos os aspectos, os esportes em Irati, estavam fervilhando naqueles anos da década de 30. Futebol, ginástica, tênis, basquete, cavalhadas, corridas de cavalos, entre outras modalidades esportivas, aconteciam em todos os recantos do nosso município.

O Jornal O SUL, semanário que cobria toda a vida social, política, religiosa e esportiva da cidade, se fartava em divulgar todas essas atividades que proliferavam na jovem Irati, anos 30. É bom que se diga, esta talvez deva ter sido uma das mais pujantes fazes dos esportes em nosso município. Irati se destacava, então, entre quase todos os municípios do Paraná, mesmo a aqueles mais antigos e tradicionais.

Em sua edição nº 72, de 03 de maio de 1931, o referido jornal assim se dirigia ao público iratiense e regional: “O Iraty Sport Club tem, ultimamente, se esforçado grandemente no sentido de demonstrar a sua pujança e o seu valor e também agradar os seus sócios e ao povo iratyense, trazendo para o seu campo, clubs dos mais afamados estados e diffundindo dess’arte, a amizade e a hospitalidade com que nos tornamos bem quistos lá fora. E é de inteira justiça que isso reconheçamos. E é assim que Iraty vae se tornando conhecido, nos meios elevados da família esportiva paranaense, como um bloco homogêneo e digno de respeito e acatamento”. E, tem mais ainda! Na sua edição nº 74, de 17 de maio de 31, lá estava mais essa importante noticia esportiva: “No campo do glorioso Iraty Sport Club, realizar-se-a hoje o formidável embate pebolistico entre os valorosos quadros do Iraty Sport Club e Guarany S.C. de Ponta Grossa. Desnecessário dizermos que esta tão esperada pugna será revestida de scenas electrizantes dado o valor de ambos os quadros, e ao que soubemos o quadro visitante vem treinadíssimo. O nosso quadro apesar dos treinos a que o tem submetido a intelligência arguta do Dr. José Augusto e o esforço de David Araújo, entra para a lucta com pequenas falhas, mas que naturalmente as evitara ante a grande força de vontade de que são possuidores os nosso inteligentes rapazes”. 

Eiiiiiita, palavrório bonito seo! Nossos jornalistas do passado não poupavam seu “verbo” quando o assunto era  esporte ou a vida social da jovem e bela Iraty (com “Y”) do nosso passado. 

Professor Orreda, como foi que se originou e onde estava instalada a Sociedade UNIÃO ALEMÃ? 


Zé Maria Araújo, nas páginas 74 e 76 do meu Livro ESPORTE EM IRATI, aparecem algumas fotos do casarão que foi edificado para abrigar a referida Sociedade União Alemã. Os textos que acompanham as fotos poderão dar a teus ouvintes um breve histórico dessa tão importante sociedade esportiva do nosso passado. 

Obrigado caro amigo Orreda. E para que todos aqueles que nos acompanham, lá vai, um pouquinho da história da grande Sociedade UNIÃO ALEMÃ de Irati:

“A Sociedade UNIÃO ALLEMÃ empossou a sua primeira diretoria em 14 de outubro de 1928, com sua sede a Rua dos Operários, no sobrado do industrial Henrique Wertschulte, e que ficou assim constituída: Presidente – Henrique Wertschulte; 1º Secretário – Carlos Born; 2º Secretário – Herbert Zimmermann; Tesoureiro – Carlos Thoms. 
Em 1930 a Sociedade inaugurou a sua sede própria. Em 1939, devido a eclosão da II Guerra Mundial, deixou de funcionar. Contava com aparelhos para ginástica olímpica, barra fixa, paralelas, argolas, assim como colchões para exercícios de solo e era atendida por um professor vindo da Alemanha. A quadra de tênis foi construída após a instalação do Ginásio Irati e inaugurada em 21 de abril de 1943”. 

Uma outra noticia jornalística, dá época, assim informava a sociedade iratiense: “Com um dos mais surprehendentes bailes, a Sociedade União Allemã inaugurou provisoriamente no dia 25, os seus vastos salões que é um dos maiores espaços sociais existente nesta cidade. O vasto prédio onde também funcionará uma boa escola e diversões recreativas da Sociedade Allemã consta ter sido orçado as suas obras e mobiliário em 60:000$000 (Sessenta contos de reis), estando sua actual directoria empenhada em fazer a sua inauguração official em breve. A União Allemã levou a efeito um grande baile pela passagem do anno novo, baile este que com animação e cordialidade, terminou aos primeiros albores da madrugada do dia primeiro de ano. O SUL, nº 56, em 04 de janeiro de 1931”. 

É pouco, ou querem mais? Isso tudo, prezados ouvintes, aconteceu durante os conturbados anos da década de 30.

Mas, gostaria de ir um pouquinho mais adiante e falar, também, sobre o Ginásio Irati, entidade educacional que sucedeu a Sociedade União Alemão, extinta durante a II Grande Guerra Mundial.

O Ginásio Irati se instalalou em fevereiro de 1939, no prédio da Sociedade União Allemã. Em 1947 começou a funcionar a Escola Normal Braz Calderari, até 1966, com Escola de Aplicação anexa. O Curso Cientifico, de 2º grau funcionou até 1957 e a Escola Técnica de Comércio Iratiense de 1942 até 1966. Obra educacional da família Calderari, sendo responsável pela instalação e diretor superintendente, Tito Calderari. Após a instalação do Ginásio, foi construída a piscina, quadra de tênis, quadra de basketball e voleibool. Foram diretores do Ginásio e depois do Colégio Irati, Dr. Acy Cordeiro de Morais, José Emilio Calderari e Vinicius Calderari, entre outros. O Colégio Irati, através do Grêmio Ginásio Irati, depois denominado Grêmio Estudantil Fernando Seller Rocha, manteve intercambio esportivo com escolas paranaenses, especialmente de Curitiba, Ponta Grossa, Palmeira, Guarapuava e União da Vitória. Sem dúvida, o Ginásio Irati foi um dos maiores centros educacional esportivo e cultural do Paraná. 


Professor José Maria Orreda, diversos ouvintes já me perguntaram se seu livro ESPORTE EM IRATI, ainda pode ser encontrado a venda em Irati. Tenho sempre indicado a Banca do Cavalim ou a Livraria Centenário da nossa amiga Luiza Nelma Fillus. Espero que em algum desses dois locais ainda existam exemplares de seu livro para serem adquiridos.

Eu mesmo ainda não tinha me inteirado da riqueza de informações sociais e esportivas que se apresentam no seu livro ESPORTE EM IRATI. Somente agora que obtive sua permissão para utilizá-lo como base para a montagem desta série de programas intitulada O MARAVILHOSO FUTEBOL DE IRATI é que pude constatar quão precioso é o conteúdo histórico do mesmo. Desta forma, me sinto a vontade, para indicar a todos os iratienses que nos ouvem e que são adeptos dos esportes e, em especial, do futebol praticado em Irati, que procurem adquirir ou consultar na Casa da Cultura ou na Biblioteca Pública de Irati esta maravilhosa literatura. Vale a pena. 

Bem, prezados ouvintes, no programa de hoje chegamos até o ano de 1931. Este final da década de 20 e inicio da década de 30, foi talvez o período mais movimentado das nossas atividades sociais e esportivas do passado. Porém, como ainda temos muito chão pela frente, convido-os para continuarem a nos acompanhar em nossa programação. Viva o MARAVILHOSO FUTEBOL DE IRATI e até o próximo sábado, que aqui estaremos mais uma vez, com um pouquinho mais da história da nossa terra e da nossa gente. Até lá.



Comentários

Enquete

O Imposto sobre Valor Agregado (IVA) deve ser a base da Reforma Tributária?

  • Não
  • Sim
Resultados