Irati e Região / Notícias

25/03/17 - 13h19 - atualizada em 25/03/17 às 13h40

Cerca de 4 mil fiéis participaram da 21ª Romaria do Itapará

Letícia Torres/Hoje Centro Sul 

Cerca de 4 mil fiéis viveram momentos de penitência e oração na Romaria do Itapará
A 21ª Romaria Penitencial do Itapará ocorreu no último domingo, dia 19,reuniu fiéis da comunidade ucraniana todo o Paraná e teve a presença do Bispo Eparca Dom Meron Mazur. De acordo com a organização do evento, que tem caráter espiritual de peregrinação, penitência e oração, aproximadamente 4 mil pessoas participaram das atividades ao longo do dia na Igreja Ucraniana Assunção de Nossa Senhora. 

Confira mais fotos da romaria no fim deste texto

A Via Sacra, celebrada pelo Padre Provincial Antonio Royk Sobrinho, percorreu as estações para relembrar o sofrimento e a ressurreição de Cristo. Momento de reflexão e de devoção para os fiéis, que percorreram os trechos íngremes do trajeto rezando em português e em ucraniano. Também, acompanhando cânticos de louvor a Deus.

PUBLICIDADE
Logo após a Via Sacra, foi celebrada a missa com o apoio de diversos padres, dentre eles Paulo Markiv, pároco da Paróquia Imaculado Coração de Maria de Irati, e José Ratusznei, padre que conduziu a benção dos doentes. Também teve papel importante na celebração, o coral da Igreja Nossa Senhora do Patrocínio, de Linha Esperança,que cantou a missa.

Outro momento marcante da Romaria foram as confissões oferecidas aos católicos, que ocorreram em diferentes locais, até mesmo em bancos embaixo das árvores. Padres dos municípios de Prudentópolis, Ivaí, Ivaiporã, Irati, Guarapuava e outras regiões auxiliaram nas confissões.

Organização

PUBLICIDADE
A equipe de organização da 21ª Romaria Penitencial do Itapará, formada pelos padres, as irmãs Servas de Maria Imaculada, moradores do distrito de Itapará, outros voluntários, além de patrocinadores, se preocupou com cada detalhe do evento religioso para receber bem os fiéis.

“Este ano a Romaria estava mais bem organizada, a comunidade se empenhou bastante para fazer a organização, fazer o trabalho de busca das necessidades da Romaria para que todo mundo possa ficar contente, satisfeito com o nosso atendimento”, disse o Padre Roberto Lucavei.

Alguns dos participantes vieram de longe. Segundo o padre, além dos romeiros da comunidade ucraniana de Irati, que compareceram em peso, vieram ônibus de Apucarana, Ortigueira, Ivaiporã, Roncador, Pitanga, Guarapuava, Candói, Inácio Martins, Prudentópolis, Rebouças, dentre outros municípios.

Para recepcionar os visitantes, já na estrada que dá acesso a Igreja Ucraniana Assunção de Nossa Senhora, uma comitiva formada por moradores do Itapará esperou os ônibus, vans e demais veículos com um panfleto informativo que foi entregue aos romeiros.

PUBLICIDADE
O Padre Roberto Lucavei explica a iniciativa: “Estamos tentando fazer um trabalho de marketing para recepcionar, reconhecer que eles vêm de longe, que é difícil, com dificuldades até financeiras às vezes, o que a gente pode fazer é reconhecer a presença deles e dar um bom atendimento e esperar que eles voltem no próximo ano”.

No panfleto entregue consta o e-mail para o envio de observações e sugestões para a próxima edição do evento (romariaitapara@outlook.com) e também a data da 22ª Romaria, em 2018, que será no dia 04 de março.

Preços acessíveis

Outro cuidado que a comissão organizadora da Romaria teve foi em relação aos preços dos alimentos, que foram comercializados por valores bem menores do que os praticados nas festas de igreja da região. Um churrasco, por exemplo, foi vendido a R$ 20,00.

O Padre Roberto Lucavei cita que isso ocorreu com o objetivo de atender as necessidades dos romeiros. “A Romaria não visa o lucro, temos que colaborar com o povo que vem, sabemos que vem pessoas de classe média baixa com o orçamento meio curto, tem a passagem dos ônibus, então a gente tem que colaborar para que não seja inflacionado o preço, para poder atender a todas as necessidades”, destaca.

Estrada boa

No pavilhão onde foi disponibilizado o almoço e os demais alimentos, uma faixa foi colocada pela comunidade, agradecendo ao prefeito de Irati, Jorge Derbli, pelos trabalhos realizados na estrada geral entre Irati e Itapará. Depois de vários anos apresentando problemas, a via encontra-se em boas condições de tráfego, sem pontos onde os ônibus pudessem encalhar como já ocorreu em outras edições da Romaria.

O prefeito Jorge Derbli participou do evento e foi aplaudido pela comunidade. Também participaram da 21ª Romaria Penitencial do Itapará o presidente da Câmara Municipal, Helio de Mello, e os vereadores Nivaldo Bartoski e Soldado Elias, além de secretários e chefes de departamento da Prefeitura Municipal de Irati.

Fotos: Letícia Torres/Hoje Centro Sul 


Comentários