Irati e Região / Notícias

14/09/19 - 12h58 - atualizada em 14/09/19 às 13h56

Empresa dá início as obras de pavimentação do Pinho de Baixo

Construtora Triunfo iniciou aplicação da base para início da pavimentação de 6,2 km da estrada que liga o Pinho à BR 277

Da redação, com reportagem de Sidnei Jorge

Estrada já está recebendo base para pavimentação asfáltica

A Construtora Triunfo já deu início às obras de pavimentação de 6 quilômetros e 200 metros da estrada que liga a rodovia BR 277 à comunidade do Pinho de Baixo. A informação foi confirmada pelo prefeito licenciado de Irati, Jorge Derbli, que reassumirá a prefeitura na próxima segunda-feira, 16.

A estrada está recebendo uma base formada por pedra rachão e brita graduada retiradas de uma pedreira na comunidade de Faxinal dos Francos, em Rebouças. Conforme a empresa, a base deve levar cerca de 90 a 120 dias para ficar pronta.

Depois disso, a Triunfo pretende instalar uma usina de asfalto em Irati, que deve ficar pronta em dezembro. Só então, a estrada receberá emulsão asfáltica com espessura de cinco centímetros. O prefeito acredita que a primeira etapa da obra deve ser entregue em março de 2020. “Se o tempo colaborar e a empresa continuar no ritmo em que começou, dentro de três a quatro meses a base estará pronta. A usina de asfalto que eles [Triunfo] estão instalando deve ficar pronta em dezembro. Depois, vem a capa final, que é o asfalto em CBUQ, com uma espessura de cinco centímetros de asfalto a quente. Se continuar neste ritmo, a obra deve ser entregue em março de 2020”, acredita Derbli.

Inicialmente, o projeto previa a pavimentação de 9 quilômetros e 200 metros até a Igreja de São Sebastião. Porém, o projeto foi reduzido e a primeira etapa vai até o Rio Caratuva. Em entrevista concedida à Najuá no mês de junho, o secretário de Planejamento e Coordenação, João Almeida Júnior, explicou que o motivo para a redução foi uma alta muito grande no custo do material para elaboração do asfalto, o que encareceu o preço em mais de 30%.

“Quando jogamos na planilha os 9 quilômetros e 200 metros, essa obra deu em torno de R$ 7 milhões e 500 mil reais. Tínhamos, na verba, em torno de R$ 4 milhões e 800 mil reais”, comentou o secretário para justificar os motivos da redução do trecho que será pavimentado.

PUBLICIDADE

Na ocasião, Derbli ofereceu uma contrapartida de R$ 2 milhões e 800 mil para asfaltar toda a extensão da estrada e contemplar o Pinho de Baixo, Caratuva e Pinho de Cima, mas a Caixa Econômica Federal não aceitou porque o valor ultrapassava o teto máximo de contrapartidas.

Nesta semana, Derbli confirmou que teve uma conversa com o deputado Evandro Rogério Roman- autor da emenda destinada para a pavimentação. O deputado afirmou que pretende apresentar outra emenda para a segunda etapa da pavimentação, que deve chegar até a igreja do Pinho de Baixo. O prefeito deve viajar a Brasília/DF em outubro para conversar com o deputado sobre o assunto.

“Ele já sinalizou para nós, e está mexendo com o pessoal para ver se consegue mais recursos. Sabemos que demora, tem a troca de governo que paralisou algumas coisas, mas acredito que ele está bem entrosado e vai conseguir recursos para a segunda etapa”, comentou.

Prefeito Jorge Derbli acredita que pavimentação da estrada do Pinho deve ser entregue em março de 2020

Comentários