Irati e Região / Notícias

03/07/18 - 15h38 - atualizada em 03/07/18 às 16h16

Estado lança edital para pavimentação da PR-364

Edital foi publicado na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (3)

Da Redação, com reportagem de Paulo Henrique Sava e informações da AEN 

Fotos: Paulo Henrique Sava e AEN 


Foi publicado na edição desta terça-feira (3) do Diário Oficial do Estado a publicação do edital para a contratação da empresa que vai executar a pavimentação de 47 quilômetros e 700 metros do trecho da PR-364 entre Irati e São Mateus do Sul. Aguardada há pelo menos cinco décadas, a obra deve beneficiar um universo de 112 mil habitantes, dos municípios de Irati, São Mateus do Sul e Rebouças. A governadora Cida Borghetti assinou o edital de abertura de licitação no domingo (1º) em evento realizado em Irati.

Confira o áudio completo da reportagem no fim do texto

PUBLICIDADE

“Uma obra esperada há tantos anos. E hoje, nossa alegria de vir aqui, num domingo, conversar com as famílias que vivem aqui e dar a ordem de serviço; a publicação do edital no Diário Oficial para a pavimentação desse trecho de quase 50 quilômetros”, destacou Cida.

O investimento de R$ 159 milhões integra o Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Estado do Paraná, em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Logo que concluída, a pavimentação do trecho vai permitir a redução, pela metade, do trecho a ser percorrido entre as duas cidades, hoje, para um deslocamento em estradas asfaltadas.

A pavimentação do trecho vai criar uma ligação alternativa entre a BR-476 e a BR-153, o que facilita o deslocamento de quem vem do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina por dentro do Paraná, ao criar um novo corredor viário. A estrada será uma alternativa à PR-151, que cruza o Paraná e suporta o tráfego de caminhões oriundos dos estados do Sul em direção a São Paulo e ao Porto de Paranaguá.

PUBLICIDADE

Conforme o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Abelardo Lupion, a obra deve iniciar ainda em 2018, com a previsão de ser concluída em até dois anos.

“Um sonho realizado. De Irati, de São Mateus do Sul, da região”, comemorou o prefeito de Irati, Jorge Derbli. O prefeito estima que até o dia 21 de agosto deva ocorrer a abertura dos envelopes que vão definir a vencedora do certame, para início imediato dos trabalhos. “Espero que até o mês de setembro se dê o início dessa obra. É uma conquista para todos nós, para a nossa região, que esperamos há tantos e tantos anos. Quantas promessas, quanta conversa, o povo já desacreditado com essa obra. Agora, com a publicação do edital, quer dizer que tudo transcorreu em ordem. O recurso está aí, o dinheiro tem. A parte burocrática, de licenciamento ambiental, avançamos esta etapa. Com a publicação do edital se oficializa 100% a construção dessa importante rodovia”, complementou Derbli.

O prefeito ressaltou que o período eleitoral que se aproxima não deve interferir na obra, uma vez que o lançamento do edital respeita o prazo máximo de 90 dias antes das eleições, que começa a contar a partir do sábado (7). “Ela vai ser publicada agora, abre-se a licitação. Mas talvez tenhamos que esperar passar o período eleitoral para sair a ordem de serviço”, reiterou.

PUBLICIDADE

“Sabemos que esse processo é uma concorrência internacional, é um pouquinho burocrático, tem que obedecer aos prazos para a homologação. Mas, saindo a licitação, já temos a empresa. Se tiver que esperar um ou dois meses para que se dê início às obras por causa do período eleitoral, agora a obra sai”, assegurou Derbli.

A pavimentação da PR-364 inicia no entroncamento com a PR-151, em São Mateus do Sul, em trecho próximo à BR-476, e se estende até o perímetro urbano de Irati. Quase todo o traçado original será mantido, no entanto, na chegada de Irati será construído um desvio, para retirar o trânsito do bairro Riozinho.

A PR-364 será ligada à BR-153 através de uma intersecção em desnível, em local próximo ao trecho conhecido como “curva da morte”, onde há intenso fluxo de pedestres e veículos. A obra incluirá, também, a construção de uma nova ponte, de 14 metros de extensão, sobre o Rio Turvo, com acostamento e calçada, na área urbana de São Mateus do Sul. No trecho inicial da rodovia estadual, em São Mateus do Sul, será implantada uma ciclofaixa de aproximadamente três quilômetros de extensão.

PUBLICIDADE

A contratação do projeto para pavimentar o trecho custou 1 milhão e 700 mil reais. Mesmo com o projeto pronto, algumas questões com o Governo Federal fizeram com que o Estado precisasse aguardar um ano e meio pela liberação do recurso, que foi assegurado somente no final de 2017. Em dezembro do ano passado, houve a assinatura do convênio com o BID, que totaliza R$ 1,4 bilhão, para investimentos em infraestrutura em todo o Paraná.

O evento de domingo (1º) fez parte das comemorações pelos 111 anos de Irati e também foi próximo da celebração dos 35 anos da Associação dos Municípios do Centro-Sul do Paraná. “Todos que fazem aniversário merecem presente. E nossa região não é diferente. A AMCESPAR, que representa os dez municípios da nossa região está de parabéns por todas as conquistas já feitas por esse governo, e hoje, com a visita da governadora, anunciando a abertura desse processo licitatório, da tão sonhada ligação de Irati a São Mateus do Sul”, concluiu o prefeito de Inácio Martins e presidente da Amcespar, Júnior Benato. 

Saiba Mais

Comentários

Enquete

Você acha que existe um grande número de pessoas que recebem aposentadoria sem ter contribuído o suficiente?

  • Não
  • Sim
Resultados