Irati e Região / Notícias

24/04/19 - 00h37 - atualizada em 24/04/19 às 22h18

Feira de Malhas de Imbituva começa na sexta (26)

Maior feira de moda tricô do Paraná ocorre no Pavilhão Francisco Barros, em Imbituva, até o dia 19 de maio

Edilson Kernicki, com reportagem de Rodrigo Zub 

Feira de Malhas contará com 22 estandes em 2019

Quem está de olho no que vai ser tendência para o inverno não pode perder a Feira de Malhas de Imbituva (Femali) 2019, que começa nesta sexta-feira (26). Promovida pela Associação das Malharias de Imbituva, o evento ocorre até o dia 19 de maio, no Pavilhão Francisco Barros. A entrada é gratuita e o espaço fica aberto, diariamente, das 9 às 20h.

Clique aqui e confira as peças que serão comercializadas na Feira na página oficial do evento

Com a perspectiva de um inverno mais rigoroso e diante de um aceno de melhora na economia, os donos de malharias têm a expectativa de melhorar o faturamento neste ano. “Nossa feira está, a cada ano, mais profissional. Nossas empresas têm investido em maquinário de última tecnologia e nossos produtos atendem a todo o público, desde o infantil, o jovem e o adulto. Temos roupas mais sociais e mais esportivas e todas as empresas estão preparadas para receber o público em geral”, destaca o presidente da Associação das Malharias de Imbituva, Verli Moleta.

Entre os estandes das 22 malharias com produtos expostos na feira, o visitante vai encontrar ampla diversidade de apostas e tendências para a moda outono-inverno, desde o animal print às peças mais coloridas. Quem prefere um look mais discreto e versátil, que combine com tudo, também terá à disposição uma infinidade de peças de cortes mais tradicionais e cores neutras.

PUBLICIDADE

“O pessoal está bem antenado e procura fazer suas pesquisas e workshops com estilistas para saber o que está surgindo de mais moderno no mundo. Temos também aqui empresas que fazem facções para grandes marcas. Através dessas grandes marcas, acompanham o que é tendência no Brasil e no mundo”, comenta Moleta.

As peças à venda na Femali 2019 terão variação de preço entre R$ 40 e R$ 300, a depender do estilo e da qualidade do material. “É possível encontrar peças a preços acessíveis”, garante.

A organização apostou na divulgação para além do Paraná, pois tem a expectativa de, a exemplo dos anos anteriores, receber visitantes não só da região, mas também dos estados vizinhos – Santa Catarina, São Paulo e Mato Grosso do Sul – e até mesmo da região da fronteira com o Paraguai.

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Envie SIM notícias http://bit.ly/CliqueAquiWhatsSuperNajua

Por e-mail: http://bit.ly/2BiE4tC 

Texto continua após a publicidade

PUBLICIDADE

Para este ano, os organizadores esperam um faturamento similar ao da feira realizada em 2017, a fim de recuperar o prejuízo que houve no ano passado, pelo fato de o evento coincidir com o período em que houve a greve dos caminhoneiros, o que, indiretamente, afetou as vendas.

Moleta observa que, já na segunda semana da feira, há o feriado do Dia do Trabalho, o que ajuda a impulsionar as vendas e aumentar a presença de consumidores vindos de outras cidades, que aproveitam a folga. Além disso, outro fator que estimula o comércio nesse período é o Dia das Mães, que costuma ser a segunda data mais significativa em vendas, ficando atrás apenas do Natal em volume de negócios no mercado brasileiro. “Estamos bem preparados. Todas as lojas têm maquininhas de cartões. Hoje a maioria das vendas são feitas no cartão. Então, pode vir e parcelar, não tem problema nenhum”, diz.

Visitante vai encontrar ampla diversidade de apostas e tendências para a moda outono-inverno

Conforme o presidente da Associação das Malharias, a movimentação do setor têxtil, no que diz respeito à produção de malhas e geração de empregos, varia ao longo do ano, com ligeira queda a partir de agosto, com o fim do inverno, e com crescimento a partir do final do ano. Além disso, há empresas que terceirizam serviços e contratam mulheres que preferem trabalhar em casa e as malharias fazem o acabamento dos produtos.

“As pessoas que nos visitam na Feira de Malhas levam também outros produtos da cidade, não é só malha. Levam vinhos e bolachas artesanais, a parte de açougue também vende muito. Isso movimenta a economia da cidade, faz girar a economia da cidade de Imbituva”, avalia.

Serviço

Femali 2019 – de 26 de abril a 19 de maio

Aberta diariamente, das 9 às 20h

Pavilhão Francisco Barros – Avenida Centenário, 1237, Imbituva

PUBLICIDADE

Femali acontece no Pavilhão Francisco Barros, em Imbituva

Comentários

Enquete

Reforma da Previdência

  • Nenhuma das respostas
  • Não deve mexer nos que ganham menos
  • Não é necessária
  • Deve ser ampla
Resultados