Irati e Região / Notícias

02/11/11 - 19h37 - atualizada em 03/11/11 às 08h13

Fernandes Pinheiro se prepara para organizar maior evento de cebola da América Latina

XXIV Seminário Nacional de Cebola, XV Seminário de Cebola do MERCOSUL e 22º Encontro Estadual de Produtores de Cebola acontece dias 18 e 19 de abril de 2012, nas dependências do Parque Aquático da Prainha, em Fernandes Pinheiro.
Rodrigo Zub, com reportagem e fotos de Jussara H. Bendhack


Representantes da prefeitura de Fernandes Pinheiro, Comissão da Emater, SEAB, produtores de cebola e empresários de toda a região participaram no último dia 20 de outubro do lançamento do XXIV Seminário Nacional de Cebola, XV Seminário de Cebola do MERCOSUL e 22º Encontro Estadual de Produtores de Cebola. Um grande evento a começar pelo nome, que promete atrair produtores de todas as regiões brasileiras, além dos demais países que compõem o MERCOSUL. O encontro acontece nos dias 18 e 19 de abril de 2012, nas dependências do Parque Aquático da Prainha, em Fernandes Pinheiro.

O lançamento aconteceu no restaurante Anila e a equipe de reportagem da Najuá esteve lá acompanhando os detalhes.

Segundo a organização, a expectativa é de que mais de 1 mil pessoas entre agricultores, colaboradores e técnicos agrícolas participem das atividades que têm o objetivo de mostrar as novas tecnologias utilizadas para a produção e irrigação da cebola.

Atualmente o Estado do Paraná, é o quinto maior produtor da leguminosa, atrás apenas dos estados de Santa Catarina, Bahia, São Paulo e Rio Grande do Sul. Em Fernandes Pinheiro, aproximadamente 60 famílias cultivam o produto. Em entrevista à equipe da Najuá, o prefeito de Fernandes Pinheiro, Nei Renê Schuck falou da necessidade de angariar recursos para a realização do evento.

{album}

Recursos para a realização do evento

Schuck destacou que o município não tem condições de arcar com todas as despesas devido às limitações financeiras. Para que toda a estrutura esteja dentro dos padrões que o evento exige é necessário um investimento alto, que somado ao custo com alimentação, pode ultrapassar os R$ 200 mil. Desse valor, a contrapartida do município gira em torno de R$ 20 a 30 mil. Os outros recursos serão obtidos junto ao governo estadual e através de patrocinadores.

O local escolhido para abrigar o encontro e a exposição dos produtos é o Parque Aquático da Prainha, na entrada do município de Fernandes Pinheiro, onde já existe um barracão industrial que será aproveitado e, uma estrutura anexa com tendas será instalada.

O prefeito Nei Renê Schuck espera atrair a parceria de empresários e com isso viabilizar o maior evento de cebola da América Latina
“Deverá ser feita uma sonorização e rebaixado o forro do barracão para termos uma boa acústica durante as palestras técnicas. Também temos a questão de ar condicionado e o lado externo, onde precisamos ter um espaço confortável para área de alimentação e também para os expositores divulgar e vender o seu produto”, comenta o prefeito, lembrando que será cobrada uma pequena taxa de R$ 5 por dia, das pessoas inscritas no seminário. O dinheiro será utilizado para cobrir as despesas com alimentação.

“Quem vai participar das palestras não terá nenhum outro custo. Na verdade, ele paga essa taxa de R$ 5 por dia, um valor simbólico. Até como forma de prestigiar o evento serão confeccionados bonés, chapéus e distribuídos alguns brindes que serão distribuídos aos agricultores”, revela.

Área industrial

Schuck diz ainda que pretende utilizar o espaço onde já está instalado este barracão que pertence a uma indústria da cidade para transformar o local em uma área industrial. Por esse motivo ele defende a ideia de que empresas se instalem gerando renda e emprego as famílias. A primeira medida para que este sonho se torne realidade será a realocação para cinco empresas madeireiras, que irão utilizar de toda a estrutura do local através de um contrato de comodato com a prefeitura da cidade.

Vale lembrar que antes do lançamento oficial com a apresentação do evento foi realizada uma reunião que teve a participação de diretores regionais da SEAB, Emater e comissão organizadora para definir aspectos logísticos.

Depois do lançamento foi oferecido um jantar pelos anfitriões.


Comentários