Irati e Região / Notícias

16/04/19 - 07h54 - atualizada em 16/04/19 às 07h56

Força-tarefa contra a dengue percorre bairros de Irati nesta terça

Ações se concentram nos bairros Nhapindazal, Conjunto Fragatas, João Vieira da Rosa e Tucholka

Da Redação, com informações Assessoria

 

Durante o Dia D, servidores da prefeitura de Irati participaram de força tarefa que resultou no recolhimento de aproximadamente 40 toneladas de material que poderiam se tornar criadouros de dengue

A Prefeitura de Irati decidiu intensificar as ações de combate à dengue e vai realizar uma força-tarefa nesta terça-feira (16), a partir das 13h, em alguns bairros da cidade. A operação começa pelo Nhapindazal, segue para o Conjunto Fragatas e, depois, para os bairros João Vieira da Rosa e Tucholka. Os demais bairros serão, oportunamente, avisados quando ocorrer novas ações deste tipo.

A iniciativa reforça o trabalho iniciado na quarta-feira (10), quando ocorreu o Dia D de combate à dengue, que recolheu cerca de 40 toneladas de material que potencialmente se tornaria criadouro do mosquito Aedes aegypti, vetor de transmissão da doença. A operação desta terça prioriza bairros que não foram atendidos com a coleta de material reciclável no Dia D.

Irati acendeu o sinal de alerta depois de confirmar, na semana passada, o primeiro caso autóctone de dengue, ou seja, a pessoa contraiu a doença na própria cidade. Outro paciente já havia sido detectado com dengue, contraída fora do município. Mais 20 casos suspeitos são investigados.

PUBLICIDADE

Uma reunião na segunda-feira (15), no Salão Nobre da Prefeitura, definiu as ações a serem desempenhadas durante a força-tarefa. Serão verificadas casas e terrenos baldios, com consequente notificação e aplicação de multa se forem constatados focos do mosquito Aedes. Também serão desempenhadas estratégias para limpar pontos de acúmulo de água parada em ferros-velhos, cemitérios, construções, oficinas e similares. Participaram da reunião representantes da Polícia Militar (PM), do Corpo de Bombeiros (3º SGB/2º GB), da Associação Comercial e Empresarial de Irati (ACIAI), do Departamento de Trânsito (Iratran) e da Guarda Municipal, além do secretariado e do prefeito Jorge Derbli.

A Prefeitura ressalta que a região central de Irati concentra uma série de focos de mosquito da dengue. O município conta com a ajuda da população para minimizar esse problema, que diz respeito a todos e que depende da cooperação mútua para ser sanado.

Derbli destaca que a coleta de 40 toneladas de material reciclável foi apenas o pontapé inicial nas ações para evitar que os focos da dengue se proliferem e para afastar a possibilidade de novos casos. “A dengue está em Irati, o mosquito está presente, já temos uma pessoa contaminada e, para que mais pessoas não sejam contaminadas, precisamos de ações efetivas e objetivas”, comenta.

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Envie SIM notícias http://bit.ly/CliqueAquiWhatsSuperNajua

Por e-mail: http://bit.ly/2BiE4tC    

Texto continua após a publicidade

PUBLICIDADE

A força-tarefa vai envolver 20 agentes de endemias, a Guarda Municipal, o Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar, servidores da Prefeitura, em mutirão, para fazer a coleta de material reciclável dos terrenos e verificar potenciais focos e conta com a contribuição dos moradores para que já separem, de antemão, o material que possa ser recolhido pelos caminhões da coleta de recicláveis.

Proprietários de imóveis – casas ou terrenos baldios – com mato ou lixo serão notificados para realizarem a limpeza dentro do prazo de 24 horas. Encerrado o prazo, se a limpeza do terreno não tiver sido executada pelo proprietário, a Prefeitura entra com servidores e maquinário próprios para limpar o local. Além disso, será aplicada a multa.

PUBLICIDADE

Comentários

Enquete

Reforma da Previdência

  • Nenhuma das respostas
  • Não deve mexer nos que ganham menos
  • Não é necessária
  • Deve ser ampla
Resultados