Irati e Região / Notícias

02/02/19 - 11h07 - atualizada em 02/02/19 às 11h17

Júnior Benato permanece como presidente da AMCESPAR

Prefeito de Inácio Martins foi reconduzido ao cargo, que deve ocupar por mais dois anos

Paulo Henrique Sava

Júnior Benato foi reconduzido ao cargo de presidente da AMCESPAR

O prefeito de Inácio Martins, Edemétrio Benato Júnior, o Júnior Benato (PSD), foi reconduzido ao cargo de presidente da Associação dos Municípios do Centro-Sul do Paraná – AMCESPAR. Ele foi reeleito por aclamação para um novo mandato de dois anos no cargo.

Juntamente com ele, também foi mantida boa parte da diretoria da associação. O prefeito de Irati, Jorge Derbli (PSDB) continua sendo o vice-presidente, e Rodrigo Solda, prefeito de Rio Azul, permanece como tesoureiro.

Para o Conselho Fiscal, foram escolhidos como membros efetivos a prefeita Cleonice Schuck (Fernandes Pinheiro) e os prefeitos Luiz Everaldo Zak (Rebouças) e Lula Thomaz (Teixeira Soares). Os suplentes são Adelmo Klossowski (Prudentópolis), Ângelo Machado (Guamiranga) e Bertoldo Rover (Imbituva), que também foi reconduzido à presidência do Consórcio Intermunicipal de Saúde (CIS/Amcespar).

PUBLICIDADE

O Conselho Deliberativo terá como membros efetivos os prefeitos Moacir Alfredo Szinvelski (Mallet), Adelmo Klossowski (Prudentópolis) e Ângelo Machado (Guamiranga). Os suplentes serão Luiz Everaldo Zak (Rebouças), Lula Thomaz (Teixeira Soares) e Cleonice Schuck (Fernandes Pinheiro).

Em entrevista coletiva, Benato diz que dará continuidade aos trabalhos que foram iniciados nos últimos dois anos. Entre as principais metas, está a revisão dos Planos Diretores dos municípios, pois alguns deles vencem em 2019 e outros em 2020.

Benato diz que gosta de ocupar o cargo de presidente da AMCESPAR. Ele destaca que o principal fator que o credenciou a ter um segundo mandato seguido foi a sua experiência como prefeito de Inácio Martins. “Eu acho que a minha experiência do passado e o trabalho desenvolvido no presente me credenciaram a dar continuidade na presidência”, frisou.

O presidente da AMCESPAR classificou a parceria da entidade com o Governo do Estado como fundamental para o desenvolvimento de todos os projetos. “O próprio governador Ratinho Júnior sempre, no seu discurso, disse que iria olhar para as regiões menos desenvolvidas. A nossa está em desenvolvimento, precisamos avançar muito. O Governo do Estado vai pisar duas vezes no acelerador quando olhar para a nossa região. Regiões desenvolvidas, incentivo 1, e regiões em desenvolvimento, incentivo 2, ou seja, dobrado. Eu vejo com muito bons olhos o Governo do Estado para a nossa região”, declarou.

PUBLICIDADE

Patrulha Rural

Benato garante que um dos projetos que terá continuidade é a Patrulha Rural. Ele esclarece que o programa anterior, Patrulha do Campo, que chegou a ser citado em investigações envolvendo o ex-governador Beto Richa (PSDB), deixou de existir. “A Patrulha do Campo, que foi investigada, deixou de existir. A Patrulha Rural, com investimento internacional, tem uma nova normativa, e o CONDER é exemplo de efetividade com a Patrulha do Campo que está funcionando e não tem nada a ver com a investigada”, pontuou.

Em dezembro, foram encerrados os trabalhos no município de Rebouças, com ótimos resultados. A expectativa de Benato é de que os trabalhos em Rio Azul, iniciados em janeiro, também tenham bom êxito. “Eu espero sempre que tenha um melhor resultado, cada vez a Patrulha tem que ser mais efetiva. Isto vai depender da equipe técnica do prefeito, do acompanhamento que tem a funcionalidade dos equipamentos, dos motoristas e operadores de máquina. Eu acho que, em cada município, sempre vai avançar a nossa Patrulha, sendo mais eficaz”, destacou.

Reunião para eleição da nova diretoria da AMCESPAR aconteceu no dia 23 de janeiro

Benato esteve na sede da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (SEAB) juntamente com uma comitiva encabeçada pela AMCESPAR e pelo CONDER para solicitar recursos financeiros para manutenção dos equipamentos da Patrulha Rural. Por mais que as máquinas sejam seminovas, sempre há necessidade de manutenção por problemas maiores. Cerca de 18 consórcios também estiveram presentes na reunião para cobrar o auxílio. Na ocasião, o secretário anunciou novos equipamentos que serão fornecidos para os consórcios que ainda não haviam recebido a Patrulha.

PUBLICIDADE

Nova forma de financiamento

Na reunião do dia 23, representantes da Caixa Econômica Federal apresentaram uma forma de financiamento mais ágil para os municípios. Ele ressaltou ainda que alguns municípios já adotaram este modelo de financiamento, e outros têm interesse em aderir a este programa. Mesmo assim, este tipo de operação não reduziria a importância do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para as cidades menores. “O FPM para os municípios pequenos é fundamental. O meu município, sem este recurso, não consegue ser efetivo e deixaria de existir. Esta nova linha de crédito, que seria recuperada através da contribuição de melhorias dos contribuintes, que receberiam investimentos na área de infraestrutura, naturalmente pode acontecer. O dinheiro existe e está acessível, basta os municípios quererem”, comentou.

Quer receber notícias locais? Envie whats para 42 991135618 SIM NOTICIAS ou cadastre seu e-mail na newsletter pelo site da Najuá

Comentários

Enquete

Reforma da Previdência

  • Nenhuma das respostas
  • Não deve mexer nos que ganham menos
  • Não é necessária
  • Deve ser ampla
Resultados