Irati e Região / Notícias

08/01/15 - 09h04 - atualizada em 08/01/15 às 18h04

Moradores fazem protesto contra as más condições da PR 364

De acordo com motoristas, há muito tempo a estrada está sem condições de trafegabilidade
Paulo Henrique Sava

No início da tarde desta quarta-feira, 07, moradores de São Mateus do Sul realizaram um protesto na PR-364 devido às más condições da rodovia.

Eles fecharam a rodovia a cerca de 4 km do trevo de acesso a São Mateus do Sul. De acordo com motoristas que passam diariamente pelo local, as condições da rodovia ficaram ainda piores depois das chuvas dos últimos dias.

No final de 2014, ônibus que tentava passar pela estrada acabou ficando atolado
A reportagem da Najuá conversou com Valdecir Kublinski, que utiliza diariamente a PR- 364. Ele afirmou que não tem como transitar mais pela estrada, que está 'abandonada'. “Nós puxamos cavaco para São Mateus e não tem como trafegar mais, é pneu que vai, o caminhão frequentemente vai para a oficina. Não tem como andar mais, é só promessa de que vai sair o asfalto, mas ate agora nada”, conta.

Valdecir afirma que nas proximidades de São Mateus do Sul, somente há possibilidade de passagem pela estrada com trator. “Se o motorista não tiver um trator, então nem coloque o caminhão na estrada, porque não passa”, comentou.

O caminhoneiro informou também que, por volta das 14h30min a população liberou a estrada após uma determinação judicial. Valdecir disse ainda que há a possibilidade de a população de São Mateus realizar um novo protesto no local.

“Os moradores querem ver o que vão fazer, porque não tem como agüentar, porque todo ano eles prometem que vai sair o asfalto, mas não sai nada”, comenta.

Segundo Valdecir, o prejuízo por conta dessas dificuldades é incalculável. “Como são vários caminhões que fazem o frete, eles estão frequentemente nas oficinas”, conta.

Procurados pela reportagem da Najuá, funcionários do Departamento de Estradas e Rodagem (DER) de São Mateus do Sul, que estava realizando o trabalho de recuperação da rodovia, afirmam que a situação da estrada ficou ruim porque, diariamente, circulam pelo local carretas pesando mais de 58 toneladas.
 
Ainda de acordo com o DER, o trabalho foi paralisado porque uma motoniveladora, utilizada nas obras, apresentou problemas. No entanto, de acordo com os funcionários, o equipamento já foi recuperado e os trabalhos foram retomados na tarde desta quarta-feira, 07, devendo a pista estar totalmente liberada já na próxima sexta-feira, dia 09.

Mesmo com as obras, o tráfego está fluindo normalmente no local.


Moradores pedem pavimentação da rodovia há mais de 30 anos

Comentários