Irati e Região / Notícias

11/11/19 - 16h20 - atualizada em 11/11/19 às 21h55

Nei Cabral assume Prefeitura de Irati por 15 dias

Presidente da Câmara permanecerá no comando do Executivo iratiense até o dia 25 de novembro. Vice-prefeito alegou problemas particulares para não assumir o cargo

Paulo Henrique Sava, com informações da Assessoria de Imprensa da Câmara de Irati. Fotos: Rafaella Maier/Câmara de Irati


O presidente da Câmara, Valdenei Cabral da Silva (PDT), assumiu o comando da Prefeitura de Irati na manhã desta segunda-feira, 11. A cerimônia de transmissão do cargo foi realizada no gabinete do prefeito Jorge Derbli (PSDB), que solicitou afastamento por 15 dias para tratar de assuntos pessoais, conforme relatou à nossa reportagem. “Tenho assuntos particulares a tratar e eu não gosto de viajar dentro do horário de serviço, mas em 15 dias resolvo tudo”, comentou.

Em sua terceira legislatura como vereador, Nei terá a oportunidade de comandar o município durante 15 dias. Neste período, ele pretende dar continuidade aos trabalhos de todas as secretarias e fazer uma prestação de contas das ações executadas. “Como o tempo é curto, eu não poderia chegar aqui e pensar no que fazer, mas sim agindo. Eu já conversei com os secretários e pedi a eles que tenham ações anotadas diariamente para que possamos prestar contas no final do mandato. Queremos dar atenção especial à saúde e ao interior do município”, frisou.

CLIQUE AQUI E RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS PELO WHATSAPP

PUBLICIDADE

Enquanto Nei Cabral estiver no comando da Prefeitura, Wilson Karas (PSD) será o presidente da Câmara. Ele fala sobre a oportunidade de assumir o cargo pela 1ª vez. “Este é um compromisso que eu nunca pensei em assumir. Vamos trabalhar para a população, pela qual vou arregaçar as mangas”, pontuou.

O Projeto de Decreto Legislativo 2/2019 que autoriza o prefeito a tirar a licença para tratar de assuntos particulares sem direito a remuneração foi aprovado em única votação com a dispensa do interstício legal na sessão do legislativo iratiense de terça-feira, 5. Em ofício encaminhado para a Câmara, o vice-prefeito, Amilton Komnitski (PSD), comunicou que, por motivos particulares, não poderá assumir o cargo de prefeito no período de ausência de Derbli.


Comentários