Irati e Região / Notícias

25/06/13 - 17h22 - atualizada em 25/06/13 às 17h40

Nenhuma empresa participa de licitação para conclusão da rodoviária de Irati

Prefeitura deverá agendar nova data para realização do processo licitatório. Obra da rodoviária está paralisada desde o dia 22 de fevereiro
Rodrigo Zub

A data para a retomada da obra da nova rodoviária de Irati ainda é uma incógnita. Na tarde de ontem, 24, estava programado para ocorrer à tomada de preços para definição da empresa que deverá concluir a edificação. No entanto, não ocorreu disputa, porque nenhuma empresa se apresentou para participar da licitação. Com isso, o processo foi considerado deserto.

Uma nota data deverá ser marcada para definir a empresa licitada. De acordo com o secretário de Finanças e Tributação da Prefeitura de Irati, Luiz Valdir Slompo de Lara, provavelmente o processo irá ocorrer entre os dias 17 e 18 de julho. Segundo Luiz Valdir, sete empresas retiraram o edital de licitação, mas nenhuma compareceu no horário marcado para o início da tomada de preços, ou seja, segunda-feira, 24, às 13h30 no Salão Nobre da Prefeitura de Irati.

A licitação para conclusão da obra da rodoviária foi marcada pela segunda vez nesse mês. No dia 10 de junho, o executivo cancelou o processo para realizar a complementação dos projetos.

O edital de licitação prevê que o valor máximo para conclusão da rodoviária é de R$ 1,4 milhão. Até agora, já foram investidos aproximadamente R$ 1,8 milhão para edificação do prédio.

Obra da nova rodoviária de Irati foi paralisada há quatro meses


Paralisação das obras

A obra da nova rodoviária estava sendo executada pela empresa Stafim Execuções e Obras Ltda., que paralisou os trabalhos no dia 22 de fevereiro. A justificativa apresentada foi que a prefeitura não tinha concedido aditivos de prazo e valor da obra.

De acordo com o construtor Gelson Stafim, diversos problemas ocorridos na administração anterior culminaram no atraso da construção que está apenas 50% concluída.

Stafim alega que um perito deveria ser designado para avaliar e realizar as medições necessárias na obra da rodoviária. Ele questiona ainda o pagamento de um aditivo de valor da obra. Por outro lado, o Procurador do Município, Jhiohasson Weider Taborda, diz que o prazo de vigência do contrato da prefeitura com a empresa já expirou, por isso, não há motivo para discutir os problemas apontados pela empresa.

A edificação deveria ser concluída conforme o edital em até 270 dias após a assinatura do contrato. Mesmo levando em consideração o atraso de 45 dias devido a problemas no projeto estrutural, o prazo para entrega seria dia 5 de novembro, o que não ocorreu.

Obra com recursos municipais

A nova rodoviária de Irati está sendo construída com recursos do município. A estimativa inicial da prefeitura sobre o custo com a obra era de R$ 3,4 milhões.

Acomodações

A nova rodoviária terá dois pavimentos e área total de 2.464,49 m2 para oferecer confortáveis acomodações ao público e às companhias de transporte. Estão previstos espaços para salas de espera, guarda-volumes, sanitários, fraldário, setor de encomendas, área para as companhias que realizam o transporte rodoviário, espaço para empresas de alimentação e comércio, oito boxes para a parada de ônibus, área para táxis e estacionamento. Ainda está programada, conforme indicações do projeto técnico da obra, a reorganização de todo o fluxo de veículos (ônibus, carros e táxis) nas imediações do terminal rodoviário.

Comentários

Enquete

O Imposto sobre Valor Agregado (IVA) deve ser a base da Reforma Tributária?

  • Não
  • Sim
Resultados