Irati e Região / Notícias

23/02/15 - 18h19 - atualizada em 23/02/15 às 18h39

Nova rodoviária de Irati ainda necessita de ajustes

Elevador não está funcionando, assim como a área de alimentação. Mesmo assim, passageiros destacam a comodidade e a beleza do novo espaço
Rodrigo Zub

A reportagem da Najuá visitou na manhã de hoje, 23, as instalações da rodoviária de Irati, que foi reinaugurada na noite de quinta-feira, 19. Taxistas, passageiros e representantes de empresas de ônibus foram ouvidos e deram suas opiniões sobre a infraestrutura ofertada no espaço.

O morador de Ponta Grossa, Joaquim de Oliveira Filho, avaliou a rodoviária de forma positiva, mas pediu para que a prefeitura disponibilize rampas no segundo piso para facilitar o deslocamento de pessoas com dificuldades motoras- como é o seu caso. “Tem escada, mas eu acho que deveria ter umas rampas para andar com a muleta. Quando chove como vou fazer para subir? O elevador também não está funcionando”, informou Joaquim.

Joaquim diz que utiliza a rodoviária três vezes por semana. “Ficou boa. Grande, arejada, rodoviária de primeiro mundo. Está faltando alguma coisinha. Negócio da água, colocar uma grade para evitar que as crianças se machuquem”, relatou. O usuário da rodoviária ainda pediu para que as pessoas cuidem do espaço e evitem danificá-lo.

A segunda-feira, 23, foi o primeiro dia de trabalho da taxista Sirlei na nova rodoviária. Para ela, o espaço é confortável para os usuários. “Porque na rodoviária que estávamos lá em cima era um desconforto total para os passageiros, para os taxistas, ônibus, também para quem ia levar um parente era difícil trabalhar. Aqui o local está ideal”, comentou Sirlei.

Os taxistas Daniel e Altevir do Bonfim também avaliaram positivamente o novo local de trabalho. “Ficou muito bom. Estamos em um lado bom na frente da rodoviária. Lá nos fundos ficava meio escondido, mas aqui enxerga o táxi”, afirmou Daniel.

“Lá atrás não tem condição. Lugar ideal para ficarmos aqui porque as pessoas conseguem enxergar o táxi”, disse Altevir.

Gilson Bini Riclitski e Zenilda Ireno do Nascimento são casados e residem em Guarapuava. No fim de semana, eles utilizaram a rodoviária de Irati para se deslocarem até Rio Azul.

Gilson afirmou que sentiu a falta da área de alimentação na rodoviária. “Ainda faltam alguns ajustes, não encontramos lanchonete, mas a comodidade é melhor do que a rodoviária de Guarapuava. Os banheiros e o espaço são amplos e bem melhores do que muitas [rodoviárias] por aí”.

“Lá em Guarapuava está caindo aos pedaços. Chegar aqui e dar de cara com uma rodoviária tão linda, bem cuidada, eu gostei muito. Vou usar mais vezes. Minha sogra mora em Rio Azul e uso a rodoviária para viajar até lá. Irati está de parabéns mesmo”, destacou Zenilda.

A Irmã Zita aguardava para viajar com suas colegas para Apucarana quando foi entrevistada pela Najuá. “Está ótima. Rodoviária ficou muito confortável. Onde era provisória era muito precário tudo. Aqui está muito confortável”, avaliou. Zita diz que é “filha” de Irati e seguidamente utiliza à rodoviária.

A estudante Letícia Costa, que reside em Teixeira Soares, também utilizou a nova rodoviária pela primeira vez nesta segunda-feira, 23. Ela considerou o espaço amplo e bem organizado, mas avaliou que ainda há a necessidade de serem instalados ventiladores, já que o local é abafado.

A funcionária da rodoviária, Eva Rodrigues Carneiro, diz que o espaço oferece água, luz e as acomodações mínimas necessárias para os passageiros. Questionada sobre a falta de comerciantes no local, Eva comentou que as empresas têm o prazo de 30 dias para se instalarem na rodoviária.

{album}

Duas empresas de ônibus estão instaladas na rodoviária. Até agora, nenhuma delas dispõe dos serviços de internet e telefone. Segundo informações da prefeitura de Irati, as próprias empresas devem providenciar a instalação de internet e telefone no prédio. Já o sinal de internet wireless (rede sem fio) será disponibilizado de forma gratuita a todos os usuários da rodoviária até o fim da semana.

Uma lanchonete e uma cafeteria irão se instalar na nova rodoviária nos próximos dias. As duas empresas dependem de um alvará de instalação para poderem iniciar os trabalhos. Para que o documento fosse emitido, as empresas precisavam entregar um layout mostrando de que forma pretendiam se fixar na rodoviária. O material encaminhado pelos comerciantes na sexta-feira, 20, será analisado pela secretaria de Arquitetura, Engenharia e Urbanismo, que irá emitir um parecer se o espaço precisa de adequações.

Depois desse procedimento, a prefeitura possui o prazo de 30 dias para promover as alterações necessárias, conforme a secretaria de Comunicação. A expectativa é de que ainda essa semana, os comerciantes já estejam instalados na nova rodoviária. Os espaços que ainda não foram preenchidos pelos comerciantes serão novamente licitados ainda sem data prevista.

A prefeitura de Irati justifica que ainda não está disponibilizando área de alimentação na rodoviária, pois enfrentou alguns problemas nas licitações, já que a primeira foi considerada deserta, ou seja, não houve participantes.

A secretaria de Comunicação também informa que o elevador deverá estar em funcionamento nos próximos dias, assim que uma empresa seja licitada para realizar a manutenção diária do aparelho caso ele apresente falhas.


Comentários

Enquete

Você acha que existe um grande número de pessoas que recebem aposentadoria sem ter contribuído o suficiente?

  • Não
  • Sim
Resultados