Irati e Região / Notícias

10/11/13 - 23h22 - atualizada em 10/11/13 às 23h27

Obra da nova rodoviária de Irati se transforma em canil municipal

Reportagem da Najuá flagrou uma cachorra em um dos cômodos da nova rodoviária. Cartaz diz que animal está passando por tratamento médico
Sassá Oliveira

Cachorra foi colocada em um dos cômodos da obra que está paralisada
Cartaz pede para que moradores não retirem animal do local


Irati está ficando famosa pelas obras inacabadas que são motivo das principais discussões nas rodas de amigos. Uma das edificações que está nessa situação é a nova rodoviária, que pelo jeito mudou de finalidade. O espaço que deveria receber viajantes está sendo usado para o tratamento de uma cachorra.

Isso mesmo. Na manhã de sexta-feira (08) nossa reportagem visitou o local, onde segundo as previsões da vidente Mãe Dináh, irá funcionar o novo terminal rodoviário da cidade. O motivo da visita foi acompanhar um encontro entre membros da prefeitura e representantes da Empresa Stafim, que era responsável pela obra.

Enquanto conversávamos ouvimos vários latidos, que vinham de uma das salas da “futura nova rodoviária”. No cômodo, uma cachorra estava presa, mas muito bem cuidada, provavelmente por moradores das redondezas. No cômodo havia comida e água. Um cartaz, fixado na parede alertava para não soltar a cachorra, pois ela estava em tratamento de saúde.

Centro Cultural

Outra obra paralisada em Irati, que mudou de finalidade foi o Centro Cultural Denise Stoklos. Várias matérias já foram produzidas destacando a situação de abandono da construção faraônica, que só não está totalmente abandonado porque os Índios Caingangues fixaram residência no local e o utilizam para a fabricação de balaios e artesanatos indígenas.

Neste caso houve simbolicamente uma mudança de finalidade da obra. O espaço se transformou na maior oca do Brasil.

Comida e água foram deixados para o animal
Conforme cartaz, animal está em tratamento de saúde



Comentários