Irati e Região / Notícias

04/10/11 - 11h24 - atualizada em 04/10/11 às 11h54

Orçamento começa a ser discutido no legislativo; Filipus propõe audiência pública antes da votação

Leis que definem o orçamento municipal para 2012 começarão a ser discutidas no legislativo a partir desta semana; segundo o presidente da Câmara, "se população quiser, a LOA será discutida em uma audiência pública promovida pelo legislativo"
Jussara Harmuch Bendhack, com reportagem de Marli Traple


A Câmara de Irati recebeu esta semana os projetos que tratam do orçamento municipal para 2012. O PL 173/2011 que institui a Lei Orçamentária – LOA de 2012 recebeu atenção do presidente da Casa, Laudelino Antônio Filipus (que recentemente deixou o PSDB para se filiar ao PSD).

Devido ao desencontro de informações que levou ao não comparecimento da população e nem dos próprios vereadores na Audiência Pública organizada pelo Executivo em cumprimento à Lei de Responsabilidade Fiscal, para discutir a LOA, Filipus cogitou a possibilidade de promover uma audiência durante o período que o projeto será analisado pelas comissões de Justiça e Redação e de Finanças e Orçamento, que encerra no dia 15 de dezembro. “Se a população quiser, talvez em outubro ou novembro a gente possa fazer esta audiência para discutir a lei”, disse o presidente que ainda lamentou a falta de divulgação da Audiência organizada pelo Executivo.

Junto com a LOA, entraram o PL 174 e 175 – que altera o Plano Plurianual de Investimentos – PPA e a Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO para 2012, respectivamente.


Alteração pedida pelo TC leva Executivo a apresentar substitutivo


Uma alteração no Projeto de Lei - PL 172/2011 que autoriza o Poder Público a conceder subvenção de R$ 250 mil para a Irmandade Hospital de Caridade de Irati foi solicitada pelo Executivo antes mesmo que o projeto passasse pela primeira votação no legislativo iratiense. O PL 172 havia dado entrada na sessão da semana passada com um pedido de urgência para que os vereadores colocassem em votação única na sessão seguinte.

Os recursos serão utilizados para a ampliação do espaço físico onde hoje são realizados os tratamentos de hemodiálise pela Clínica Renal Iraty e, oficialmente, foram anunciados pelo prefeito Sérgio Stoklos, em uma reunião da AMCESPAR [Associação dos Municípios do Centro-Sul do Paraná] que ocorreu no final de agosto.

Segundo o presidente, o pedido de alteração do Executivo se baseou em uma consulta ao Tribunal de Contas do Paraná – TC/PR , mas ele ainda não soube informar qual será a alteração. O projeto que já estava pronto para ser votado na sessão desta semana, será novamente analisado.


Comentários

Enquete

Você acha que existe um grande número de pessoas que recebem aposentadoria sem ter contribuído o suficiente?

  • Não
  • Sim
Resultados