Irati e Região / Notícias

15/04/19 - 17h05 - atualizada em 15/04/19 às 21h11

Padre fala sobre celebrações da Semana Santa

Na Sexta-feira Santa será realizada a Caminhada da Esperança, com transmissão da Super Najuá FM 92,5

Da redação

O Domingo de Ramos, celebrado ontem, 14, abriu as celebrações da Semana Santa, que antecede a Páscoa. Na Sexta-feira Santa, dia 19, será realizada a 3ª edição da Caminhada da Esperança, com saída programada para as 18h30min do Morro da Santa, seguindo pelas ruas Ladislau Griczinski, 15 de novembro e 19 de Dezembro, terminando em frente à Paróquia São Miguel.

Nesta semana, a Super Najuá apresenta uma série sobre as celebrações da Semana Santa. Na primeira reportagem, o pároco da Igreja São Miguel, Padre Luiz Mirkoski, fala sobre o significado da celebração do Domingo de Ramos, que, na realidade, é o domingo da Paixão do Senhor, no qual se lembra a entrada de Jesus em Jerusalém, onde Jesus será crucificado e ressuscitará na Páscoa. Os ramos simbolizam a alegria do povo que acolhe Jesus, mesmo sem saber o que iria acontecer com ele. “É a entrada nesta semana, neste lugar onde irão acontecer os grandes mistérios da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus”, comentou.

Padre Luiz lembra que a influência dos sacerdotes do templo fez com que o povo pedisse ao governador da Judéia, Poncio Pilatos, a condenação de Jesus à morte. “Esta contradição da Semana Santa é o que nós meditamos, contemplamos e nos dá razão de fé, de esperança e caminhada para compreendermos que, ao mesmo tempo que amamos a Deus, que queremos e precisamos dele, há outras nas quais negamos, pecamos e condenamos Jesus ainda hoje”, frisou.

Continua depois da publicidade

PUBLICIDADE

A celebração seguinte é da Quinta-feira Santa, que abre o tríduo pascal. É o dia em que a Igreja Católica celebra a instituição da Eucaristia, na qual Jesus deixa seu corpo e sangue nas figuras do pão e do vinho. Neste dia, também é realizado o Lava Pés, uma vez que, após a Santa Ceia, Jesus se dispôs a lavar os pés dos seus discípulos. “Encontramo-nos diante deste fato que Jesus realizou, simbolizando a simplicidade, a humildade, ajoelhar-se diante do outro e mais ainda lavar os pés, não em um sentido de submissão, mas de serviço, de estar pronto a atender o próximo no que for preciso. Jesus dá este exemplo que nós repetimos na Quinta-feira Santa, no Lava Pés”, comentou o padre.

O mesmo acontece com todos os cristãos, que são chamados para o serviço de Cristo em todos os campos, seja no humano, espiritual, particular e social. “Servir é o chamado de todo cristão, mas especialmente daqueles mais próximos”, afirmou.

Ainda na noite de quinta-feira, começa a Vigília, que vai até a meia-noite. Já na manhã de Sexta-feira Santa, às 06 horas, será feita a Celebração da Fé, em frente à Igreja Matriz São Miguel, na qual serão encenados alguns fatos da vida de Jesus, principalmente a via sacra. Durante todo o dia, as igrejas permanecerão abertas para vigília até as 15 horas, quando será feita a celebração da Paixão e Morte de Jesus. Neste dia, nenhum sacramento é ministrado.

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Envie SIM notícias http://bit.ly/CliqueAquiWhatsSuperNajua

Por e-mail: http://bit.ly/2BiE4tC 

Continua depois da publicidade

PUBLICIDADE

Caminhada da Esperança

Pelo 3º ano consecutivo, será realizada a Caminhada da Esperança, com saída às 18h30min do Morro da Santa e segue para a Igreja São Miguel. Durante a caminhada, serão feitas orações e cânticos a Deus. Haverá algumas paradas ao longo do caminho. A caminhada terá transmissão da Super Najuá FM 92,5 a partir das 18 horas.

Sábado de Aleluia

No Sábado de Aleluia, encerra-se o tríduo pascal com a celebração da Vigília Pascal em todas as igrejas. Neste dia, cada paróquia tem um horário específico para a missa. “O sábado é para celebrar a ressurreição do Senhor, com a bênção do fogo novo, que se acende, surge e purifica no Cristo ressuscitado. O Círio Pascal é aceso depois da bênção do fogo. Ele é o símbolo principal da Páscoa, utilizado sempre nos sacramentos, a luz de Cristo que ilumina nosso caminhar durante todo o ano”, comentou o Padre Luiz.

Depois, a Vigília continua com a celebração da Palavra e da Eucaristia, concluindo-se assim o Sábado de Aleluia.

Continua depois da publicidade

PUBLICIDADE

Domingo de Páscoa

Na manhã de domingo, celebra-se a Páscoa do Senhor, com leituras e cânticos próprios. Esta é uma das celebrações mais importantes para o cristão. “Não tem outro sentido a nossa fé e outra razão de ser se não celebrarmos o Cristo naquilo de mais importante que ele fez ao vir ao mundo que é sua Paixão, Morte e Ressurreição. A alegria da Ressurreição deve ser muito maior que a tristeza da Sexta-feira Santa. Este é um detalhe ao qual devemos nos ater para não celebrarmos tanto a sexta-feira, que não é dia santo e nem feriado, mas a Páscoa, o sábado à noite e a vigília são as maiores e mais importantes celebrações que a Igreja tem”, finalizou.

Acompanhe a transmissão da Caminhada da Esperança na próxima Sexta-feira Santa, dia 19, a partir das 18 horas, pela Super Najuá FM 92,5!


Comentários