Irati e Região / Notícias

27/10/11 - 23h38 - atualizada em 28/10/11 às 00h01

População realiza últimos ajustes nos túmulos antes do feriado de Finados

Em Irati, o prazo para reforma e limpeza nos túmulos se encerra nesta sexta-feira, 28, às 18h
Rodrigo Zub, com reportagem de Tadeu Stefaniak

Filha da Dona Inês realizando limpeza de capela onde estão enterrados alguns membros de sua família
O dia 2 de novembro é uma data especial, onde relembramos com profundo amor e carinho de pessoas que não estão mais entre nós, mas que ainda despertam nosso sentimento de lembrança e saudade. O Dia de Finados está chegando e as famílias correm contra o tempo para deixar os túmulos de seus entes queridos, em perfeito estado de conservação. Em Irati, o prazo para reforma e limpeza nos túmulos se encerra nesta sexta-feira, 28, às 18h.

Na quarta-feira, 26, o repórter Tadeu Stefaniak esteve no cemitério municipal acompanhando os preparativos, trabalhos nos túmulos, nas capelas e outros serviços internos. Além da população, a secretaria de Meio Ambiente também estava presente no local realizando a manutenção, pintura do muro e também das dependências da Capela Mortuária.

Dona Inês relembra com carinho de seus familiares já falecidos
Entre tantos túmulos do cemitério, Tadeu se deparou com uma moradora da localidade de Faxinal dos Francos, em Rebouças, que pretende levar flores e acender velas nos túmulos dos familiares para matar as saudades e rezar pelas almas não só deles, mas de todos os mortos. Dona Inês que estava acompanhada de sua filha relatou que possui o esposo, sogro, cunhado e um sobrinho enterrados no cemitério de Irati.

O administrador do cemitério, Estevão Martins, também conversou com a nossa reportagem. Segundo ele, o número de pessoas realizando a manutenção dos túmulos cresce a cada dia, principalmente porque a partir de sábado não será mais permitido a manutenção dos túmulos.

No entanto, sempre há as exceções. Por isso, não será nenhuma surpresa se alguém observar alguma pessoa com baldes, escovas, martelos, entre outras ferramentas realizando a limpeza e manutenção de túmulos depois do prazo estipulado pela prefeitura municipal. Em muitos casos, o bom senso deve prevalecer, conforme relata Martins.

Estevão Martins- Administrador do cemitério municipal
“Pela lei não pode a partir de sábado, mas têm pessoas que limpam até no dia. Ano passado veio um senhor de Campo Grande/MS, que encostou o carro e entrou com o balde. Questionei a ele que não poderia limpar, mas ele disse o que você quer? Vou vir três dias antes limpar”, conta ele, descrevendo a situação inusitada que ocorreu no ano passado.

Sobre a venda de flores, velas e outros objetos na frente do cemitério, Martins informou que a comercialização de produtos está liberada desde que o vendedor retire o alvará junto à prefeitura municipal.

Pintura da Capela Mortuária também foi providenciada
Funcionários da secretaria do meio ambiente realizando manutenção do cemitério


Comentários

Enquete

Você acha que existe um grande número de pessoas que recebem aposentadoria sem ter contribuído o suficiente?

  • Não
  • Sim
Resultados