Irati e Região / Notícias

26/10/11 - 03h16 - atualizada em 26/10/11 às 03h41

Processo de interiorização da Fiep garante autonomia a unidade do Sesi de Irati

Diretor da Fiep e gerente regional do Sesi de Irati falam sobre os benefícios que Irati terá ao não ser mais subordinado aos trabalhos da unidade de Ponta Grossa
Da Redação

O dia 30 de setembro foi uma data histórica para a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep). Depois de 67 anos desde a sua fundação, pela primeira vez um presidente do interior do Estado foi escolhido para comandar a entidade. A vitória de Edson Campagnolo nas urnas não foi mais surpreendente do que sua primeira atitude ao assumir o cargo: Promover a interiorização do setor industrial paranaense.

Estanislaw Fillus- Novo diretor da unidade regional da Fiep
Durante a realização do evento Casa Aberta promovido pelo Sesi/Senai na última semana, em Irati, aproveitamos a oportunidade para conversar com Estanislaw Fillus, um dos 54 novos diretores da unidades regionais da Fiep, em todo o Estado do Paraná, para saber dele qual sua avaliação sobre a escolha de Campagnolo para presidir a entidade.

Fillus destacou que Campagnolo, em pouco tempo já conseguiu cumprir suas metas e promessas de campanha, especialmente na região de Irati, onde a unidade do Sesi, foi desvencilhada de Ponta Grossa.

Essa medida proporcionou que a unidade de Irati conquiste sua independência podendo negociar diretamente com Curitiba e não mais passando por Ponta Grossa, conforme ocorria anteriormente. “Chegou o momento de nossa região se fortalecer. Estamos trazendo essa boa notícia aos empresários da região. Agora não vamos mais depender de Ponta Grossa, teremos autonomia para tomarmos nossas decisões”, relata Fillus.

Benefícios

Paulo Sérgio Zen- gerente regional do Sesi de Irati
O gerente regional do Sesi de Irati, Paulo Sergio Zen também comentou em entrevista à equipe da Najuá, sobre os benefícios que Irati terá ao não ser mais subordinado aos trabalhos da unidade de Ponta Grossa. Segundo Zen, a partir de agora a unidade de Irati terá mais respaldo e autonomia para alavancar novos negócios na região.

Os números pelo menos deste ano mostram que houve um crescimento de 400% em relação ao número de inscritos nos cursos do Senai. De 900 matrículas em 2010, o número saltou para 4.200 este ano. Lembrando que hoje a unidade de Irati atende os 11 municípios que fazem parte da região centro-sul.

“Hoje a unidade de Irati tem mais autonomia para equipar melhor os laboratórios, unidades móveis oferecendo um serviço com mais qualidade para toda esta região, para não fazer apenas os cursos aqui na unidade de Irati, onde nós temos a sede, mas atender de maneira efetiva também todos os municípios da regional”, comemora Zen.

Descentralização dos investimentos

Sobre a descentralização dos investimentos, Fillus disse que é importante ter um presidente comprometido com os municípios do interior, já que são eles a base industrial do Estado. 

“Não que isso seja ruim ter um presidente da Capital, que tenha acesso a várias secretárias, governo estadual e federal. Mas nós precisamos hoje deixar de inchar Curitiba deixando nossos filhos trabalhando aqui, dando oportunidade de emprego e  esse comprometimento é um trabalho voluntário gostoso de fazer para o crescimento de nossa região”, relata Fillus lembrando que Campagnolo é um empresário do mesmo nível de outros do Estado, que começou de forma tímida em uma pequena empresa na cidade de Capanema, localizada no Sudoeste do Estado, e que hoje se estabilizou e está colhendo os frutos de sua organização.

Comentários

Enquete

Você acha que existe um grande número de pessoas que recebem aposentadoria sem ter contribuído o suficiente?

  • Não
  • Sim
Resultados