Irati e Região / Notícias

19/06/19 - 10h57 - atualizada em 19/06/19 às 16h01

Procissão de Corpus Christi será realizada nesta quinta com transmissão da Super Najuá

Celebração terá início às 15 horas no pátio da Igreja São Miguel e terminará com a bênção em frente à Matriz Nossa Senhora da Luz, com transmissão da Super Najuá

Da Redação

Tapetes serão confeccionados por todo o trajeto da procissão. A imagem acima foi registrada na procissão feita em 2018 no Pinho de Baixo

Centenas de fiéis devem participar da celebração de Corpus Christi, que será realizada nesta quinta-feira, 20, em todo o mundo. Em Irati, haverá celebração da missa a partir das 15 h no pátio da Paróquia São Miguel. Em seguida, será realizada a procissão com o Santíssimo Sacramento, terminando com a bênção em frente à Igreja Matriz Nossa Senhora da Luz. Toda a celebração terá transmissão da Super Najuá FM 92.5.

O trajeto da procissão será o mesmo de anos anteriores. O Santíssimo Sacramento sairá da Paróquia São Miguel e seguirá pelas ruas 19 de Dezembro, Santos Dumont (em frente à Igreja Ucraniana Imaculado Coração de Maria) e Alfredo Bufrem, passando pela Praça Etelvina Andrade Gomes até chegar à Igreja Matriz Nossa Senhora da Luz, onde será feita a bênção final.

Diversos grupos e pastorais estarão se mobilizando durante todo o dia para confeccionar os tapetes por todo o trajeto da procissão. 

Continua depois da publicidade

PUBLICIDADE

Celebrações nas paróquias

Durante o dia, haverá também celebrações nas demais paróquias de Irati. Na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, a missa será celebrada às 8 h. Na Paróquia Nossa Senhora da Luz e na Igreja Matriz São João Batista, na Vila São João, as celebrações serão às 10 h.

Histórico

Conforme pesquisa publicada no portal da TV Canção Nova, a celebração de Corpus Christi foi instituída pela Igreja Católica no século XIII, em Liege, na Bélgica, por iniciativa de uma freira que recebia visões nas quais o próprio Jesus lhe pedia para fazer uma festa litúrgica em honra à Eucaristia. Porém, o culto eucarístico teve início na Santa Ceia, celebrada na quinta-feira Santa. No entanto, era preciso criar uma outra data para que a Eucaristia fosse lembrada de maneira festiva.

A tradição da ornamentação das ruas com tapetes feitos de serragem, borra de café, casca de ovo, tecidos e outros materiais, tem um significado especial: de que Jesus é recebido de forma hospitaleira na cidade. Os fiéis somente podem pisar no tapete após a passagem do sacerdote com o ostensório (objeto onde é transportada a hóstia consagrada).

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Envie SIM notícias http://bit.ly/CliqueAquiWhatsSuperNajua
Por e-mail: http://bit.ly/2BiE4tC

Continua depois da publicidade

PUBLICIDADE

O professor Felipe Aquino explica que não se trata de uma penitência ou de pagamento de promessas, mas sim de uma simples adoração a Deus.

É também uma evocação bíblica, que narra Jesus entrando em Jerusalém e o povo colocando ramos de oliveira para que Ele passasse por cima. Mas, apesar de fazer memória à entrada de Cristo em Jerusalém, esta procissão não tem ligação com a procissão de ramos, que antecede a Paixão de Cristo. No dia da festa de Corpus Christi a Igreja celebra a instituição do Sacramento da Eucaristia, sendo este o único dia em que o Santíssimo Sacramento sai pelas ruas, afirma Felipe, que é apresentador do programa "Escola da Fé", da TV Canção Nova.


Comentários