Irati e Região / Notícias

21/10/11 - 23h17 - atualizada em 21/10/11 às 23h22

Procon e vereadores de PG realizam vistoria em bancos

Vistoria teve o objetivo de fiscalizar se os bancos cumprem a lei municipal 10.097/2009, que garante maior segurança para os clientes
Rodrigo Zub, com reportagem do Diário dos Campos

Agências do Bradesco e Santander foram fiscalizadas na manhã desta sexta-feira
As agências bancárias de Ponta Grossa foram fiscalizadas pelos vereadores e pelo Procon nesta sexta-feira, 21. A vistoria foi para verificar se os bancos cumprem a lei municipal 10.097/2009, que obriga os bancos a colocar biombos entre os caixas de atendimento para dificultar a visualização de quem é atendido. O texto ainda prevê a instalação de câmeras de segurança dentro das agências como medida de segurança para os clientes.

Durante a fiscalização foi verificado que algumas agências seguem a lei em partes e outras simplesmente ignoram. Segundo os vereadores 90% dos bancos cumpriram de forma integral ou parcial a lei. O único que não respeitou a determinação foi o Banco Bradesco que não fez nenhuma alteração. Na agência do centro não há biombos e nem câmeras de segurança. No Banco Santander, localizado no centro da cidade, a lei foi cumprida parcialmente. Existem os biombos internos, mas não há câmeras de segurança no local.

As duas agências já foram notificadas outras duas vezes e hoje voltaram a ser multadas. O valor é de R$ 1.549 por dia. A Federação dos Bancos chegou a pedir a anulação da lei, mas o tribunal de justiça não acatou.

Também foram cobradas durante as vistorias mais informações sobre a proibição de uso de celulares no interior de agências bancárias e também o respeito pelo tempo limite de espera nas filas.

O Tribunal de Justiça afirma que os trabalhos fazem parte da CPI da segurança pública montada na Câmara de Ponta Grossa para apontar irregularidades no interior das agências bancárias.

Comentários

Enquete

Você acha que existe um grande número de pessoas que recebem aposentadoria sem ter contribuído o suficiente?

  • Não
  • Sim
Resultados