Irati e Região / Notícias

09/07/19 - 20h01 - atualizada em 09/07/19 às 20h12

Programação de aniversário de Rio Azul começa com festival de quadrilhas

Festival acontecerá na sexta-feira, 12, no Pavilhão da Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus. Interessados devem realizar a inscrição até quinta-feira, 11

Rodrigo Zub

Festival de Quadrilhas abre programação de aniversário de Rio Azul

O 1º Festival de Quadrilhas de Rio Azul promovido pela Associação de Pais, Mestres e Funcionários (APMF) do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Professora Maria Luiza Gaisler acontecerá na sexta-feira, 12, no Pavilhão da Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus, com início das apresentações marcado para 21h30. O evento tem apoio da Secretaria Municipal de Esportes, Cultura e Recreação, através da Comissão Municipal de Eventos.  

A finalidade é valorizar, difundir e incentivar uma das maiores manifestações populares da cultura brasileira, que são os festejos juninos. As inscrições dos grupos interessados podem ser feitas até quinta-feira, dia 11, véspera do festival, na própria secretaria do CMEI organizador do evento.

Conforme o regulamento, as apresentações terão duração de no mínimo dez minutos. A comissão julgadora será composta por cinco jurados e deverá analisar o figurino, animação, coreografia e animador da quadrilha. Em caso de empate entre dois ou mais grupos, o critério de desempate no resultado geral será a maior nota obtida obedecendo a seguinte ordem: critério de coreografia, animação e figurino. A divulgação do resultado deverá ocorrer aproximadamente 30 minutos após a apresentação da última quadrilha participante do Festival. Haverá premiação em dinheiro para os três primeiros colocados, sendo R$ 500 mais troféu para o primeiro, R$ 200 mais troféu para o segundo e R$ 100 mais troféu para o terceiro lugar. Quarto e quinto colocados receberão somente troféus. “Vários grupos já se inscreveram. Então será o 1º Festival de Quadrilhas junto com o 3º Arraiá promovido pelo CMEI Maria Luiza. Após o festival, haverá um baile animado pelo grupo Som Sertanejo, da cidade de Rebouças”, afirma o Chefe de Gabinete, Felipe Sheremeta.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS PELO WHATSAPP

PUBLICIDADE

O prefeito Rodrigo Solda ressalta que o município realizará atividades simples durante o aniversário de 101 anos, ou seja, sem custo para a administração, como é o caso dos festivais de música e quadrilhas e a Expo Azul, onde os serviços públicos serão demonstrados à população no Parque da Pedreira no sábado, 13, e domingo, 14, dia do aniversário do município. Neste sentido, o prefeito diz que a intenção não é “competir” com as cidades vizinhas de Irati e Teixeira Soares, que promoverão festas para marcar a passagem do aniversário.

“A festividade será voltada para a população rio-azulense, a gente não está querendo competir com as outras cidades até porque a nossa data festiva não é um show. É um evento cívico, é um evento que tem de ser voltado para cada um para gente ver o que tem de bom dentro da cidade. Esse é o propósito. Então, a gente em equipe tomou a decisão de fazer eventos que são populares, tradicionais e que remetem ao modo de vida da nossa população. É uma festa julina algo característico e a gente resolveu iniciar a competição na sexta-feira, 12. O diferencial é que está sendo feita por uma creche, uma das unidades que nós temos de atendimento educacional. A diretora e sua equipe de professoras pediram para fazer esse evento”, afirma Rodrigo.

PUBLICIDADE

Uma das iniciativas realizadas pelo município nesta semana está sendo desenvolvida pela secretaria de Educação ao levar os alunos para conhecerem o Parque da Pedreira, já que algumas delas ainda não tiveram a oportunidade de conhecer o espaço. “Esperamos que o fim de semana seja propicio para que as pessoas venham visitar Rio Azul aqueles que tem ligação com o município, aqueles que tem parentes, para comemorar essa data que todo ano tem a festa, mas o melhor do que isso são as pessoas que fazem a festa. A gente precisa conviver em sociedade e valorizar as pessoas. A gente tem o propósito maior com esses eventos para que as pessoas se sociabilizem. Temos meios de comunicação que nos afastam ou facilitam mais [a comunicação], mas são eventos como esse que remetem ao modo de vida que fazem com que as pessoas interajam na sua presença que é o mais fundamental”, observa o prefeito.


Comentários