Irati e Região / Notícias

08/10/11 - 04h12 - atualizada em 11/10/11 às 18h04

Respeitar a faixa de pedestre: Ato de cidadania que pode salvar vidas

PM de Irati intensifica fiscalização de motoristas e motociclistas que deixam de dar preferência aos pedestres durante travessias. Quem descumprir a determinação será punido com cinco pontos na carteira e multa de R$ 127,69.
Rodrigo Zub


Faixa elevada na Rua Cel Grácia, esquina com Cel Emilio Gomes
As faixas de pedestres são a garantia de segurança da população que trafega a pé pelas ruas. Mas alguns motoristas e os próprios pedestres, por imprudência, não respeitam.

O número de acidentes cresce a cada dia causando atropelamentos e mortes. No Paraná, por exemplo, o índice é de 9,4 mortes a cada 100 mil habitantes. Os dados foram revelados pelo pesquisador Julio Jacobo Waiselfisz, do Instituto Sangari, que realizou uma pesquisa em mais de 800 municípios brasileiros em 2008, mas que foi divulgada somente no mês de abril deste ano. Em Irati, por exemplo, a pesquisa mostra que foram registradas três mortes por atropelamento neste período. Enquanto que em Imbituva ocorreram dois óbitos. 

Mais quanto as causas de tantos acidentes - Imprudência ou fatalidade. Certo mesmo, é que as pessoas devem ser conscientizar e respeitar as leis e a sinalização de trânsito.

Segundo o comandante da 8ª Companhia da Polícia Militar de Irati, Major Renato dos SantosTaborda, tanto pedestres como motoristas têm sua parcela de culpa, pois ambos possuem direitos e deveres no trânsito. 

Fiscalização

Nas últimas semanas policiais de Irati estão intensificando a fiscalização de motoristas e motociclistas que deixam de dar preferência aos pedestres durante travessias. Quem descumprir a determinação será punido com cinco pontos na carteira e multa de R$ 127,69.

De acordo com Taborda, a operação tem o objetivo de diminuir os índices de acidentes causados, em grande maioria, pela falta de atenção e desobediência da população as regras de trânsito. Taborda diz que já pode perceber os reflexos da campanha. Mesmo assim, ele afirma que ainda tem muito a fazer, essencialmente, porque muitas pessoas que transitam a pé, as mais tímidas, não tomam a iniciativa de pedir a passagem e nem os motoristas tomam a iniciativa de ceder a vez.

“Um dos dois tem que tomar a iniciativa. Claro que prioritariamente, deve partir do motorista. Onde existe a sinalização por semáforos aí tem que cumprir o semáforo. Não tem prioridade nem para motoristas ou para pedestres. Mesmo assim ambos devem ter cautela”, explica.

Taborda vê um lado positivo de parar na faixa de pedestre. Segundo ele, a parada fará com que com o condutor relaxe pelo menos por alguns segundos evitando assim que a pressa possa ocasionar uma fatalidade, sobretudo porque no mundo agitado que vivemos hoje queremos resolver todas as tarefas do dia-a-dia em poucos segundos ou minutos.

“Quero chegar ao banco, mas vou chegar atrasado. Então, saia antes tenha um tempo determinado para transitar com o veículo pela cidade. Tenho certeza que vamos parar com os acidentes e diminuir um monte de problemas que temos no trânsito. É uma coisa benéfica e porque não iremos cumprir”, analisa.

Falta de visibilidade

Como as edificações de Irati não foram preparadas para atender a demanda do trânsito que existe hoje, em alguns casos o bom senso deve prevalecer. Desta forma, nas esquinas onde há preferencial e que o motorista não tem visibilidade é permitido que o condutor sobreponha a faixa de pedestres para poder atravessar, desde que antes ele se certifique que não há nenhum pedestre querendo atravessar a via.

“Se o pedestre está vindo e o carro já estiver na faixa espere o carro passar. Depois disso, o próximo de trás tem que aguardar o pedestre e assim sucessivamente. Onde que está à dificuldade eu penso. A dificuldade está na cabeça de cada um dos condutores que querem fazer do trânsito uma guerra. Os dois devem ter o bom senso e a consciência que ambos devem ceder senão nós vamos continuar com atropelamentos, problemas de trânsito e todas aquelas situações corriqueiras do dia-a-dia”, destaca Taborda.

Adesivo nos veículos

De acordo com ele, existem iniciativas de vereadores de Irati para que seja confeccionado um adesivo para ser colocado na traseira dos veículos indicando de forma clara que os motoristas devem respeitar a faixa de segurança dando prioridade aos pedestres.

“Até aceitamos sugestões se os ouvintes puderem até através do site de vocês  enviar suas sugestões de nome e slogan para essa campanha podem nos enviar. Vamos fazer essa campanha porque assim todos vão começar a assimilar e se condicionar a tomar mais cuidados nas faixas. Não culpo os motoristas de Irati porque eles não eram acostumados a parar”, reflete.



Comentários

Enquete

Reforma da Previdência

  • Nenhuma das respostas
  • Não deve mexer nos que ganham menos
  • Não é necessária
  • Deve ser ampla
Resultados