Irati e Região / Notícias

21/03/19 - 15h50 - atualizada em 21/03/19 às 16h11

Restauração da Casa da Cultura depende de nova licitação

Alfredo Van Der Neut garantiu que município tem recursos suficientes para concluir a obra. Local deve abrigar um museu com a história das famílias iratienses

Paulo Henrique Sava

Restauração da Casa da Cultura está paralisada desde 2018

A retomada da restauração da Casa da Cultura, paralisada desde novembro de 2018, depende de uma nova licitação. A informação foi confirmada pelo secretário de Cultura, Patrimônio Histórico e Legado Étnico, Alfredo Van Der Neut, em entrevista à nossa reportagem.

A empreiteira ENG9 Construção Civil Eirelli Ltda. alega que não recebeu parte dos recursos para continuar a obra. O valor total do contrato é de R$455.392,35, conforme dados do Portal da Transparência do município. O secretário garantiu que existem recursos suficientes para terminar a restauração.

PUBLICIDADE

A Casa da Cultura também funcionava como sede da Secretaria de Cultura, Patrimônio Histórico e Legado Étnico, que provisoriamente está ocupando uma sala no Centro Cultural Clube do Comércio. Por isso, Alfredo diz que é preciso agilizar as obras no local. “Eu vou procurar, dentro do tempo mais rápido possível, fazer com que se destravem estes problemas e que possamos alocar alguém para fazer, terminar e deixar como era”, destacou.

Alfredo lembra que a casa foi doada para o município pela família Gomes, uma vez que o imóvel pertenceu ao prefeito Edgard Andrade Gomes, que ocupou a Prefeitura por quatro mandatos. "Agora, cabe ao município continuar o trabalho e fazê-la funcionar”, ressaltou.

Na opinião de Alfredo, assim que a restauração esteja concluída, a Casa da Cultura voltará a oferecer um pouco de conhecimento sobre a história do município para os iratienses. “Eles podem conhecer aquilo que o município oferece, algumas áreas de lazer, atividades e quer conhecer como Irati foi criada. Alí é o “cérebro”, o ponto de referência que dá oxigenação. Para que tudo isto funcione, é preciso que haja alguém ali dentro informando e trazendo condições de atendimento direto e aberto ali na Casa”, pontuou.

PUBLICIDADE

Museu das famílias iratienses

Depois da restauração, a Casa da Cultura deverá abrigar também um museu formado por objetos que representam a história cultural das famílias iratienses. O secretário afirma que muitas pessoas colecionam em suas casas objetos bem antigos e que eles podem ser guardados e expostos em um local adequado e específico para isto.

“São doações de muita gente que quer deixar o nome de sua família e pode oferecer peças de antiguidades que funcionavam como uma jorna, um debulhador de milho, uma vitrola, uma gaita, tudo o que é antigo e que funcionava, desde um ferro na brasa, para que a nossa população futura tenha um lugar para visitar e veja como os nossos antepassados viveram”, pontuou.

“Tinham lampiões bonitos que estão guardados em caixas, e tem histórias bonitas de famílias que precisamos registrar. Por isto, gostaria de colocar que a Casa da Cultura, assim que esteja restaurada, terá uma sala para iniciar e, se faltar espaço depois, vamos alocar um local para isto tudo”, finalizou.

Quer receber notícias de Irati e região? Envie SIM NOTICIAS para o WhatsApp 42991135618 ou simplesmente clique no link a seguir http://bit.ly/CliqueAquiWhatsSuperNajua  

Por e-mail: http://bit.ly/2BiE4tC 

Comentários

Enquete

Reforma da Previdência

  • Nenhuma das respostas
  • Não deve mexer nos que ganham menos
  • Não é necessária
  • Deve ser ampla
Resultados