Irati e Região / Notícias

10/12/19 - 21h35 - atualizada em 10/12/19 às 21h52

Solenidade comemora 71 anos do Corpo de Bombeiros de Irati

Missa na Igreja São Miguel e Solenidade Militar fizeram parte da programação oficial

Da Redação, com reportagem e fotos de Tadeu Stefaniak 

Uma missa de ação de graças, celebrada na Paróquia São Miguel, na quarta (4), e uma Solenidade Militar, no quartel da corporação, na quinta-feira (5), marcaram as comemorações oficiais pelos 71 anos da presença do Corpo de Bombeiros em Irati.

Entidades e personalidades foram condecoradas com a comenda, a medalha e a moeda “Mérito Pérola do Sul”. Recebeu a comenda “Mérito Pérola do Sul” o coronel Samuel Prestes, comandante do Corpo de Bombeiros do Paraná.

“Não é qualquer corporação que chega a essa idade. A nossa unidade do Corpo de Bombeiros de Irati é a quarta mais antiga do Paraná. Das 69 unidades que temos no Paraná, é a quarta, para se ver a importância que teve na história do Estado do Paraná a presença do Corpo de Bombeiros aqui. Foi daqui que partiu a expansão do serviço dos bombeiros para todo o Sul e Sudoeste do Estado, até Foz do Iguaçu. Para nós, é uma satisfação muito grande poder estar aqui e não somente receber essa homenagem, mas também poder homenagear pessoas e entidades deste município onde, há tantos anos, prestamos serviços de prevenção e combate a incêndios, busca e salvamento, atendendo à comunidade iratiense”, cita o coronel.

“Importante, acima de tudo, é a presença da comunidade no evento e a notícia de que aqui, num futuro próximo, será transformado em um Corpo de Bombeiros Independente [Subgrupamento de Bombeiros Independente – SGBI], palavras do comandante do Corpo de Bombeiros. O processo está em andamento e a cidade só tem a ganhar, porque aumenta o efetivo, há aumento em viaturas e em capacidade de atendimento do Corpo de Bombeiros”, pontua o major Joas Carneiro Lins, comandante da 8ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM).

Foram homenageados com a medalha “Mérito Pérola do Sul”: o tenente-coronel Maurício Genero, comandante do 1º Comando Regional de Bombeiros Militares (CRBM); o tenente-coronel Carlos Alberto de Oliveira, comandante do 2º Grupamento de Bombeiros (GB), de Ponta Grossa; o major Flavio Vicente Ferraz, subcomandante do 27º BPM, de União da Vitória; o subtenente Albertino Mafra, do Corpo de Bombeiros de Porto União (SC); sargento Vadi Ferreira Flora; 2º sargento Tomaz Dziurkowski; 3º sargento Dilson de Lima; 3º sargento Silvestre Franco Sidre; cabo Dirlei Antonio Lourenço de Souza; soldado Joilson Aurélio Guerra; agentes de Defesa Civil (ADC) Januário Kopicz – Prudentópolis; Ivaldo Mochnacz, do Posto de Bombeiros Comunitários (PBC) de General Carneiro; Silvia Letícia Muller, de Imbituva; Jorge Kolodzeijwski, de Mallet; e Alvanir Bianco, de Rebouças; Tânia Lisboa, diretora da Rádio Vale do Mel; Vera Gabardo; Irmã Anice Bebber, diretora da Cidade da Criança; Eleusa Fornazari Bini e Bernadete Joff, do SOS Amigo Bicho.

Receberam a moeda “Mérito Pérola do Sul”: o SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial); a Igreja Assembleia de Deus; a Guarda Municipal de Irati e o Clube Atlético União Olímpico (CAUO).

“Estou muito satisfeito hoje. É justa a homenagem e todo o ano temos que fazer. 71 anos do Corpo de Bombeiros de Irati. É o quarto Corpo de Bombeiros que foi implantado no Estado do Paraná. O trabalho que vem sendo feito por esses homens, por essa tropa, durante o ano inteiro – salvamento e combate a incêndios – tanta coisa eles fazem por nós, tantas vidas eles salvam em Irati e região”, destacou o prefeito Jorge Derbli.

CLIQUE AQUI E RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS PELO WHATSAPP

PUBLICIDADE

Mais de sete décadas de serviço

Em 2018, uma lei municipal instituiu o dia 8 de dezembro como o Dia Municipal do Bombeiro. A data rememora a criação do Corpo de Bombeiros de Irati, no dia 8 de dezembro de 1948, ocasião em que o então governador paranaense, Moisés Lupion, visitou a cidade para participar da Festa do Trigo. Na época, ainda era denominado Destacamento de Bombeiros de Irati ou Grupo de Fôgo de Irati [grafia da época].

Entre 1964 e 1965, o quartel foi remodelado e ampliado, tendo sido reinaugurado em 31 de janeiro de 1969.

Em 27 de julho de 1965, o Destacamento passou a ser denominado III Grupo do VI Grupamento de Fôgo de Irati [grafia da época]. Mais tarde, em 5 de setembro de 1968, passou a ser o VI Grupo do III Grupamento de Fogo.

Nova mudança de denominação ocorreu em 1976, quando passou a ser chamado Terceira Seção de Combate a Incêndios do Segundo Grupamento de Incêndios. Treze anos depois, em 1989, tornou-se a Terceira Subseção de Combate a Incêndio do Terceiro Subgrupamento de Incêndio do 2º Grupamento de Incêndios.

Em 1994, passou a ser denominado 3ª Seção de Bombeiros do Terceiro Subgrupamento de Bombeiros do 2º Grupamento de Bombeiros. Há 21 anos, em 1998, foi definitivamente implantado o serviço pré-hospitalar com a doação de uma ambulância pelo Comando do Corpo de Bombeiros do Paraná. A ambulância era oriunda do projeto piloto de implantação do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (SIATE/Curitiba). Também em 1998, o Corpo de Bombeiros de Irati recebeu da Yazaki Autoparts do Brasil Ltda. um desencarcerador. Assim, o Corpo de Bombeiros de Irati tornou-se precursor no atendimento de resgate veicular.

No dia 1º de outubro de 2010, a Seção de Bombeiros de Irati, até então subordinada ao Comando de Guarapuava, passou a denominar-se 3º Subgrupamento de Bombeiros do Segundo Grupamento de Bombeiros, subordinado ao Comando de Ponta Grossa, sede do 2º GB, tendo 20 municípios do Sudeste Paranaense em sua área de abrangência.

Hoje, o Corpo de Bombeiros de Irati conta com quatro Seções de Bombeiros: Irati, São Mateus do Sul, União da Vitória e Prudentópolis e mais quatro sedes de Bombeiros Comunitários: Mallet, Imbituva, Rebouças e General Carneiro.


Comentários