Irati e Região / Notícias

13/11/11 - 01h12 - atualizada em 13/11/11 às 22h00

''Televisando o Futuro'': Coordenadora do GRPCOM comemora sucesso da edição 2011 do projeto

Segundo Carine Grosko, tema meio ambiente foi bem trabalhado com as crianças que mostraram estar preocupados em preservar a natureza
Rodrigo Zub

Você já reparou que o clima anda bem esquisito. Aquecimento global, efeito estufa, mudanças repentinas no clima. Certamente os culpados somos nós mesmos que desperdiçamos água, jogamos lixo nas ruas e desmatamos nosso meio ambiente. As mudanças climáticas são consequências do desrespeito e da falta de educação de milhares de pessoas. O homem tem a função de construir, mas em poucos segundos atitudes, gestos e palavras podem destruir a natureza. Para mudar essa realidade a RPC/TV e o Instituto GRPCOM abordaram o tema meio ambiente, durante a edição deste ano do Projeto Televisando o Futuro.

Biodiversidade, água, destinação de resíduos, desenvolvimento sustentável e mudanças climática foram os sub-itens trabalhados com os alunos em sala de aula.
O reconhecimento aos melhores trabalhos e a criatividade das crianças as novas descobertas foi além da premiação.

Segundo Carine Grosko, responsável pelo Instituto GRPCOM e coordenadora do Televisando o Futuro, o maior prêmio que as crianças receberam ao participar do projeto, é adquirir experiência e o conhecimento para preservar o meio ambiente e o local onde vive.

Carine Grosko é responsável pelo Instituto GRPCOM e coordenadora do Televisando o Futuro
“Educação é primordial para o desenvolvimento e é através dela que as pessoas conseguem mudar o mundo. Então nós trabalhamos nossos projetos em áreas educacionais porque só assim teremos transformações em nossa sociedade”, reflete Grosko.

"Depende de Nós"

Ela afirma que “depende de nós” plantarmos a sementinha que irá proteger o meio ambiente, pois em sua opinião, devemos contribuir e investir em ações concretas de preservação dos recursos naturais.

Para Grosko, um exemplo vem das próprias crianças que participaram do projeto, já que elas apesar da pouca idade mostraram que estão preocupadas em reduzir os impactos das mudanças climáticas.

“Neste ano, nosso tema foi o Meio Ambiente, mas ano que vem provavelmente vamos trabalhar com o tema Cultura da Paz. Todos que participaram em 2011 foram fantásticos. Deu trabalho para banca que era constituída de professores da Unicentro, parceiros nesse projeto. Os alunos de irati se sobressaíram e a gente ficou muito feliz, principalmente  com a Escola rural que foi premiada em uma das categorias”, diz Grosko.

Ela citou o exemplo da Escola Rural do Pinho de Baixo, que venceu o Concurso Televisando o Futuro na categoria Mobilização Social com um projeto de destinação de lixo, serviço que a comunidade não dispõe atualmente.

Comentários