Irati e Região / Notícias

21/04/12 - 21h29 - atualizada em 21/04/12 às 21h44

Terra das cachoeiras se rende à dança

Participação de Prudentópolis no “Dança da Galera” novo quadro do Domingão do Faustão acontece neste domingo
Rodrigo Zub


Amanhã é dia de toda a região se unir e torcer por Prudentópolis. Não só torcer, mas ficar ligadinho na TV para votar. A cidade representa o Sul do Brasil no Quadro Dança da Galera do Domingão do Faustão.

Gravação da coreografia ocorreu no dia 31 de março, no campo de Golfe da Família Dietzel
Campanha de mobilização de Prudentópolis tenta unir todas as etnias









Prudentópolis concorre contra o município de Bragança/PA. Se depender da votação prévia na internet tem tudo para ser uma disputa acirrada entre Norte e Sul do País. No “Torcidômetro”, canal do site do Domingão do Faustão, que tem agitado as torcidas (Confira mais informações no site www.globo.com/domingãodofaustao), Bragança leva uma pequena vantagem sobre Prudentópolis. Porém, a votação pra valer só acontece amanhã, 22.

A expectativa é grande antes mesmo de a coreografia ser veiculada em rede nacional. A população de Prudentópolis está se organizando para realizar uma grande festa na Avenida São João, em frente à Praça da Matriz, onde será montado um link pela produção do Programa Domingão do Faustão. A ideia é realizar uma grande mobilização, pois um dos critérios de avaliação é justamente a empolgação da população.

Vale destacar que o vencedor da disputa será escolhido através de votação pela internet, mensagens SMS, por telefone e pela própria platéia do Domingão do Faustão.

A cidade vencedora irá receber R$ 100 mil. Caso Prudentópolis vença a disputa deverá doar o dinheiro para a Pastoral da Criança da cidade.

Concorrente

Sobre a mudança de cidade concorrente que não será mais Santa Amaro (BA), mas o município de Bragança (PA), Xavier diz que esse fator é indiferente. De acordo com ele, é importante que toda a região se mobilize, assista ao programa, analise a melhor coreografia e se possível vote em Prudentópolis.

“A partir de um determinado momento o Faustão irá dar um tempo de uns 10 minutos para as pessoas escolherem o vencedor. Por isso, a gente faz esse convite e estamos mobilizando todo o sul do Brasil para ajudar Prudentópolis nesta disputa”, solicita.

Expectativa

O secretário de Turismo e Cultura de Prudentópolis, Luis Xavier conversou nesta manhã, com a equipe da Najuá e contou como está o sentimento da população a poucas horas de aparecer em rede nacional. De acordo com Xavier, a participação no programa será uma forma de valorizar o trabalho de turismo regional desenvolvido há vários anos, que fez com que Prudentópolis ficasse conhecida como a “Terra das Cachoeiras”.

“Prudentópolis tem todo um contexto de turismo e até de aparições em rede nacional em função da Festa Nacional do Feijão quando o fantástico esteve aqui. Esse foi um dos critérios que o Domingão do Faustão analisou para escolher a cidade. Toda a região ganha, já que podemos fazer várias coisas integrando todas as cidades”, analisa.

Mobilização

Xavier enfatiza que todas as classes sociais e faixas etárias se uniram a fim de ajudar a cidade a vencer o desafio de mobilizar 800 pessoas para participar da gravação. A campanha que contou com a participação da atriz global, Daniele Suzuki obteve tanto sucesso que o número de participantes chegou a 1.260 prudentopolitanos. Lembrando que a gravação aconteceu no dia 31 de março no campo de golpe da família Dietzel. 

“Tivemos a participação de senhores de 80 anos, crianças de 13, 14 anos, isso de um contexto muito bacana. As pessoas iam para o ensaio se reuniam para as gravações e era impressionante a motivação e a alegria de todo mundo de estar ali participando. Muitas pessoas não tinham nem noção da dança, mas estavam ali com muita vontade e foi uma coreografia belíssima”, avalia Xavier.

Coreografia

Em relação à coreografia, o secretário entende que ela pretende emocionar e contagiar a todos. Durante a exibição serão enfocados elementos que caracterizam Prudentópolis. Por isso, um dos símbolos da cidade não poderia ficar de fora. A imigração ucraniana e as cachoeiras serão os temas principais das coreografias. “Vão ser desenhadas cachoeiras, flores e no final vai terminar com um arco íris que vai ser uma homenagem ao grupo folclórico Vesselka, que representa a cidade e significa arco íris”, explica Xavier.

Cenário

Quanto ao cenário onde foram gravadas as coreografias, o secretário comenta que ele tem um significado especial, pois retrata características típicas da região turística do centro sul paranaense, conhecida como a ‘Terra dos Pinheirais’. “O cenário é muito bonito, porque foi feito em um campo de golpe e é um paredão de araucárias que tem um histórico muito grande para o Paraná”, comenta.



Comentários