Policial / Notícias

08/08/13 - 08h54 - atualizada em 08/08/13 às 13h18

Animais soltos causam acidentes em Irati

O acidente mais grave deixou um motociclista ferido e vitimou um cachorro na rua Trajano Grácia
Da Redação

Os animais soltos em via pública continuam causando acidentes em Irati. Em dois seguidos aconteceram colisões envolvendo carros e animais.

Na manhã de quarta-feira, 6, o condutor de uma motocicleta CB 300 bateu em um cachorro na rua Trajano Grácia. O rapaz, de 22 anos, foi levado para a Santa Casa de Irati, com ferimentos leves. Já o animal morreu no local do acidente.
No início da noite de ontem, 7, um veículo Gol colidiu em um boi na Rua Suriname, no bairro Engenheiro Gutierrez. A Polícia Militar foi acionada, mas o condutor do carro informou que já havia entrado em acordo com o dono do animal. Ninguém ficou ferido em função do incidente.

Acidente na BR-153

Na segunda-feira, 5, um porco invadiu a pista da BR-153, em Irati, e foi atingido por um veículo Gol conduzido por um policial militar. Com o impacto da colisão, o motorista perdeu o controle da direção e bateu em um barranco às margens da rodovia. Havia muita neblina no momento do acidente. O policial militar escapou ileso, enquanto que o porco morreu no local da colisão.

Motorista atropela cachorro na Getúlio Vargas

No mês passado, um jovem condutor de um Celta atropelou um cachorro que atravessava a Avenida Getúlio Vargas. O acidente resultou apenas em danos materiais no carro e numa residência. O cachorro morreu com o impacto do atropelamento.

Cachorro morreu atropelado
Carro atravessou a pista e colidiu em residência na Avenida Getúlio Vargas


Código de Posturas prevê regulamentação para animais soltos

Está no Código de Posturas de Irati instituído através da lei 2162/2004, sessão V artigo 93. Qualquer animal que for encontrado em espaços, vias ou logradouros públicos será recolhido pelo município. Quem descumprir a determinação está sujeito a sofrer diversas sanções.

Uma delas é aplicação de uma multa que pode variar dependendo dos casos. Na primeira apreensão o proprietário terá que pagar uma taxa de duas Unidades de Referência do Município (URM) para retirar o animal. Em caso de reincidência a pena aumenta para cinco URMs. A URM foi fixada em R$ 55,05 no mês de agosto.

Para regulamentar o serviço, a prefeitura abriu uma licitação para contratar uma pessoa física que é responsável por apreender os animais.

Quanto aos cães, não há no momento espaço adequado para abrigar cães de ruas em Irati. Em abril, um terreno foi cedido pela prefeitura para a ONG Amigo Bicho onde alguns animais são cuidados de maneira provisória, outros levados para residências dos próprios membros da organização.


Comentários

Enquete

Você acha que existe um grande número de pessoas que recebem aposentadoria sem ter contribuído o suficiente?

  • Não
  • Sim
Resultados