Policial / Notícias

02/02/15 - 18h04 - atualizada em 02/02/15 às 18h17

Duas casas são queimadas na Vila Mariana

Incêndios podem ter relação com a morte de jovem que possuía antecedentes criminais e envolvimento com tráfico de drogas
Da Redação

Casa queimada na rua Luiz Pinto de Carvalho
Duas casas foram queimadas na Vila Mariana, em Prudentópolis, durante o fim de semana. Os casos podem ter relação com a morte de Erick de Oliveira Moreira, de 20 anos, que foi assassinado com um tiro no sábado, 31. O jovem possuía envolvimento com o tráfico de drogas.

Segundo informações da Polícia Militar, a primeira ocorrência de incêndio foi registrada na rua Luiz Pinto de Carvalho, por volta das 18h30 de sábado, 31. A equipe do Bombeiro Comunitário foi acionada, mas não conseguiu evitar que as chamas destruíssem a casa que era de madeira. Apenas danos materiais foram registrados.

Já na madrugada de domingo, 1, uma residência pegou fogo na rua Rio de Janeiro, nas proximidades do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS). Conforme relato de vizinhos, a casa estava fechada e sem moradores. Os vizinhos ainda informaram que não sabem quem teria provocado o incêndio.

De acordo com a PM, a residência atingida pelo incêndio foi à mesma onde uma jovem foi assassinada no dia 22 de janeiro. Naquela ocasião, Daniele de Morais que seria namorada de Erick foi atingida com três disparos de arma de fogo. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Residência de madeira foi consumida pelas chamas
Não houve feridos

Comentários