Policial / Notícias

11/09/12 - 02h08 - atualizada em 11/09/12 às 03h40

Ex-namorado é o principal suspeito de ter assassinado jovem em Imbituva

Caroline de Oliveira, de 19 anos, natural de Ivaí, foi assassinada com quatro tiros: três na cabeça e um nas costas
Da Redação

Caroline de Oliveira, de 19 anos, natural de Ivaí, foi assassinada com quatro tiros: três na cabeça e um nas costas. A jovem foi localizada na localidade do Faxinal dos Stadler por um homem que estava indo pescar na última sexta-feira, 7.

De acordo com o delegado Agostinho Mussilini Junior, um homem identificado como Paulo Polli, de 32 anos, que manteve um relacionamento amoroso com a jovem é o principal suspeito de ter cometido o crime. Na casa dele foram encontradas uma espingarda de pressão calibre 5.5, uma espingarda calibre 12, uma carabina calibre 38, uma espingarda calibre 36, munições de calibres 22, 38 SPL, 40, 45, 9 mm, fuzil 762, facas, coldres e um carregador de revólver calibre 38 municiado. Um veículo Ford EcoSport, que pertence ao suspeito também foi apreendido pela polícia. Dentro do automóvel foram localizados um par de chinelos femininos, uma garrafa de vodka vazia e uma luva cirúrgica. No entanto, o suspeito está foragido. Segundo Agostinho, a jovem deixou a casa onde morava com seus pais no dia anterior ao crime por volta das 18 h.

Diversas armas e munições foram encontradas na casa do suspeito de cometer o crime


O delegado conta que a jovem escreveu uma carta relatando que tinha o objetivo de terminar o namoro com Polli. Agostinho relata que ambos podem ter mantido relações sexuais antes do crime, porém ele aguarda o lado do IML de Ponta Grossa, para saber se o criminoso praticou algum ato ou violência física contra a jovem.

“Ela pode ter tido relação sexual, mas sem abuso. Como ele já teve relação com a moça, à relação pode ter sido consentida. O material que foi coletado junto ao IML não indica que houve violência. Isso vai ser apurado no decorrer das investigações”, comenta Agostinho.


Comentários