Policial / Notícias

16/03/15 - 10h52 - atualizada em 16/03/15 às 12h46

Iratienses estão entre as vítimas de acidente em SC

Pai, mãe e filho estavam no ônibus de turismo que caiu de uma ribanceira de 400 metros na rodovia SC-418, em Campo Alegre/SC, na noite de sábado
Da Redação, com informações Agências

Três iratienses estão entre as 51 vítimas do acidente com um ônibus da empresa Costa & Mar, que caiu de uma ribanceira de 400 metros na rodovia SC-418, na região de Joinville/SC, no início da noite de sábado, 14.

Os corpos de Idelzina Aparecida Aguiar, 42, de seu marido, Anderson Celis, 46, e do filho do casal, Anderson Celis Junior, conhecido como “Half”, de 21 anos, estão sendo velados na Capela Santa Rita, em Irati. O sepultamento dos três será realizado na tarde desta segunda-feira, 16, às 17 h, no Cemitério Municipal de Irati.

Segundo informações de familiares, Anderson Celis era formado em Enfermagem e trabalhava em um hospital de União da Vitória. Anderson é filho de Juca Celis, conhecido em Irati, por ser proprietário de uma casa noturna. Idelzina era graduada em Engenharia da Madeira pelo Centro Universitário de União da Vitória (UNIUV). Ela trabalhava em uma loja do ramo de móveis. Os pais de Idelzina residem no bairro Rio Bonito, em Irati. Já Anderson Celis Junior cursava Engenharia Civil em uma faculdade em União da Vitória. O casal e o filho moravam há cerca de oito anos na área central de União da Vitória.

Os familiares dos três iratienses foram até a União da Vitória para saber informações sobre o estado de saúde de pai, mãe e filho. Entretanto, ao chegarem ao município eles foram informados que os três estavam mortos e que o translado dos corpos seria providenciado pelo governo de Santa Catarina, que alugou um caminhão frigorífico para fazer a viagem até a região Sul do Estado. Depois eles foram transportados por uma funerária até Irati.

Vítimas do acidente: Idelzina Aparecida Aguiar, Anderson Celis e Anderson Celis Junior


Acidente

O acidente ocorreu na noite de sábado, 14, quando o ônibus seguia de União da Vitória para Itapoá (SC). O trecho onde ocorreu o acidente é conhecido como Serra da Dona Francisca. Segundo informações do jornal Gazeta do Povo, os 48 ocupantes do ônibus faziam parte de um grupo de adeptos de umbanda e candomblé, que promoveriam um evento na praia da Itapoá (praia catarinense próxima a Guaratuba). A organização do evento era feita pelo Grupo de Umbanda Pai Xangô, de União da Vitória, que é filiada à Federação de Umbanda Candomblé e Angola (Fuca). O grupo deveria retornar ao Paraná ainda no domingo.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, o ônibus pode ter perdido o freio em uma curva fechada da serra, uma região turística do norte de Santa Catarina.

Os corpos da maioria das vítimas, que residiam no bairro São Cristóvão, em União da Vitória, estão sendo velados, em sua maioria, em uma cerimônia coletiva organizada pela prefeitura de União da Vitória no Ginásio Benedito Albino. A cada chegada de um novo corpo, amigos, parentes e até mesmo quem não conhecia diretamente ninguém envolvido no acidente se emocionavam ao ver se formar uma fila de caixões.

Morreram 15 homens, 20 mulheres, cinco adolescentes e 11 crianças entre as 51 vítimas identificadas pelo IML. Seis pessoas não tiveram a situação confirmada: não há certeza de que estariam no ônibus nem de que morreram no acidente.

Em relação aos feridos, nove pessoas foram movidas para hospitais da região: duas crianças e sete adultos. Uma das crianças já recebeu alta. Entre os internados, há quatro (três adultos e uma criança) em estado considerado grave.

Cerca de 66 pessoas morreram em acidentes na via nos últimos cinco anos, de acordo com levantamento da polícia
Imagens de satélite mostram local do acidente


 Luto oficial

Diante da comoção, a prefeitura de União da Vitória decidiu suspender as aulas nas escolas municipais e Centros Municipais de Educação Infantil (Cemeis). Os demais serviços e departamentos públicos do município funcionam normalmente, mesmo com o decreto de luto oficial.

Na manhã de domingo, 15, o governador do Paraná Beto Richa (PSDB) decretou luto oficial de três dias em todo o estado, como homenagem às vítimas do acidente.

A presidente Dilma Rousseff (PT) também se manifestou sobre o acidente em nota. "É com pesar que soube da notícia da morte de 51 pessoas em um acidente de ônibus na Serra Dona Francisca, em Santa Catarina. Nesta hora de dor e sofrimento, quero apresentar meus sentimentos às famílias e amigos que perderam seus entes queridos", disse.

Inquérito

O delegado Rodrigo Bueno Gusso afirmou que um inquérito já foi aberto para apurar as causas do acidente. Ele foi até o local, mas uma perícia deve ser feita no veículo.

Gusso também não descarta a possibilidade de ouvir os sobreviventes, quando tiverem se recuperado.  Ele também vai aguardar os exames no corpo do motorista, para saber se pode ter tido algum mal súbito. O resultado da investigação será encaminho para a Polícia Civil de Trânsito.

Fotos do acidente:

André Buzzi/RBS TV, Reprodução GloboNews e Jean Mazzonetto/RBS
TV





Lista de óbitos confirmados (vítimas identificadas) pelo IML

Agata Mirella
Alan P. Schneider
Alex de Lima Zenere
Anderson Celis Junior
André Luiz Carvalho
Assinara A de Oliveira
Camile Araújo Sieves
Carlos Alberto de Almeida
Cérgio Antonio da Costa (motorista)
Conrado Schier Filho
Dalton Ribeiro
Darci Crespo Linhares
Deornirce Margarete Fontana Lima
Eloina dos Santos de Almeida
Flávio Ribeiro
Gustavo Felipe Serafim Aquino
Hildo L. de Souza
Idelzina A. P. Aguiar
Janaina Darcley Ribeiro de Lima
João Antônio M. Soares
Julian Siqueira Maciel
Katelyn V. de Souza Ramos
Lariana Regina Vieira
Lenice Aparecida Miranda
Lucélia Soares
Luara Lorraine Siqueira Maciel
Luiz Cesar Araújo
Marcia Regiane Ramos
Maria Anisia Kutianski Agostini
Mariza Pinto
Marise Antunes da Conceição Schier
Marli Terezinha Ribeiro
Mateus Costa
Melissa Jane Da Silva
Osvaldir Silves
Rafaeli Baumann
Rejane de Fátima Araújo
Renan R. Chrisostemo
Renan Araújo
Ricardo Araújo
Roseli Chrisostemo
Sandra Jiliane Costa
Selma Carolina Schneider
Sônia Regina Vieira
Tereza Fernandes de Lima
Terezinha D. Carvalho
Thiago Roberto Barbosa
Wesley Araujo Sieves

Movidos para hospitais


1. Artur Vieira Teles de Abreu (Hospital Infantil)
2. Brayan Lohan de Almeida (Hospital Infantil)
3. Danrlei Crespo Linhares (São José)
4. Elton Jhon de Almeida (Unimed)
5. Lucas K. Vieira (São José)
6. Rosangela Crespo Linhares (São José)
7. Alana Pires (Dona Helena)
8. Elis Cristina Mazur (Dona Helena)

Lista de passageiros que aguardam identificação

1. Dionilei M. Lima (pode não ter embarcado; ou alguém portar seu documento; ou estar no local)
2. Glório Podstawka (pode não ter embarcado; ou alguém portar seu documento; ou estar no local)
3. Maria D. Souza (pode não ter embarcado; ou alguém portar seu documento; ou estar no local)
4. Leonilda Alves dos Santos (Acredita-se que está viva e alguém portava seus documentos)


Comentários