Policial / Notícias

12/03/19 - 18h18 - atualizada em 12/03/19 às 18h37

PM de Rebouças prende suspeito de assalto em panificadora

Autor do crime disse que usou dinheiro roubado na panificadora para comprar maconha, pois é usuário de drogas

Da Redação

Autor do assalto disse que cometeu crime para "sustentar" vício da maconha

A Polícia Militar de Rebouças prendeu o autor do assalto ocorrido em uma panificadora. O suspeito já havia sido identificado por meio das imagens das câmeras de segurança do estabelecimento no dia do crime que foi registrado no sábado, 9.

Por esse motivo, os policiais foram até a casa do suspeito e receberam autorização do seu pai para realizarem buscas no imóvel. O homem foi encontrado em seu quarto. No local, também foram localizados 21 gramas de maconha. O morador confessou a autoria do assalto e informou que a bicicleta usada para fugir da panificadora estava escondida numa mata. Ele levou a equipe até o esconderijo, mas não quis informar onde deixou a arma usada durante o crime. O homem foi conduzido até a Delegacia. Para o mesmo local, foi levada a bicicleta recuperada e a droga apreendida.

PUBLICIDADE

Em entrevista ao repórter Sérgio Soriani, da Rádio Alvorada, o suspeito do assalto confirmou que roubou a quantia de R$ 120 do caixa da panificadora. Ele admitiu que usou o dinheiro para comprar maconha, mas não disse de quem adquiriu o entorpecente. As mesmas informações já tinham sido repassadas pelo suspeito aos policiais.

“Olha vou falar a verdade aqui para todo mundo ouvir. Eu roubei mesmo. Só que eu roubei porque eu precisava manter meu ‘vício’ entendeu. Por isso, que eu entrei lá desnorteado sem saber o que fazer, porque eu precisava disso entendeu”, disse o homem, que alegou ser viciado em maconha.

PUBLICIDADE

“Ele para o meu uso. É meu remédio, meu calmante. Daí eu fiquei sem, fiquei desnorteado, nervoso não sabia o que fazer e precisava de dinheiro para ter mais entendeu. Daí foi o que acabou acontecendo”, complementou o suspeito do assalto.

Ele negou que estava armado durante a ação criminosa. “Cheguei de boa pedi um cigarro para a mulher e depois peguei o dinheiro do caixa e daí na saída tinha um homem de bicicleta, eu peguei a bicicleta dele para poder vir embora mais rápido para casa. É bem vergonhoso. Peguei 120 reais e comprei maconha. Sou usuário”, afirmou o homem detido.

O suspeito disse que já tem passagem pela polícia pelo artigo 155 do Código Penal (furto).

PUBLICIDADE

O Soldado Toledo, da Polícia Militar, ressaltou o trabalho da corporação que iniciou os levantamentos ainda no sábado, 9, para descobrir o paradeiro do autor do assalto. Com isso, ele não teve tempo para reagir à abordagem. “Trabalhamos de maneira incansável e contamos com apoio da população para que possa efetuar outras denúncias no 190 e 181. A gente vai estar sempre pronto para atender a sociedade”, comentou Toledo.

No dia do assalto, a proprietária relatou a Polícia Militar que um homem de camiseta branca, óculos escuros e boné foi até o caixa da panificadora e apontou um revólver para a atendente. O ladrão pediu dinheiro para a funcionária. O bandido roubou a quantia de R$ 120 e deixou o local. Durante a fuga, ele pegou a bicicleta de uma pessoa que estava chegando no estabelecimento para comprar pão.

Quer receber notícias de Irati e região? Envie SIM NOTICIAS para o WhatsApp 42991135618 ou simplesmente clique no link a seguir http://bit.ly/CliqueAquiWhatsSuperNajua

Por e-mail: http://bit.ly/2BiE4tC 

Comentários