Policial / Notícias

28/02/14 - 11h53 - atualizada em 28/02/14 às 15h43

Polícia Ambiental apreende 26 metros cúbicos de pinheiro em Rebouças

Madeira foi localizada em um caminhão e numa serraria. Duas pessoas foram detidas durante a operação
Da Redação

A Polícia Ambiental apreendeu mais de 26 metros cúbicos de pinheiro nativo na manhã de quinta-feira, 26, em Rebouças. Parte da madeira foi localizada em um caminhão placas de Rio Azul, que estava no pátio de uma serraria no Bairro Alto da Glória.

Durante abordagem, os policiais constataram que o veículo estava carregado com 30 toras de pinheiro, totalizando 13,4 metros cúbicos de madeira. O proprietário do caminhão e o gerente da serraria afirmaram que não possuíam nota fiscal e nem mesmo o Documento de Origem Florestal (DOF), que é obrigatório para circulação dos veículos.

Parte da madeira apreendida foi localizada em um caminhão
Suspeitos foram encaminhados para a Delegacia e assinaram TC


 Ainda em verificação no pátio da empresa foram encontrados mais 13,2 metros cúbicos de toras de pinheiro, que também não possuíam sua origem comprovada. Desta forma, foi caracterizado o comércio irregular de produto florestal.

Segundo a Polícia Ambiental, a serraria estava funcionando sem licenciamento ambiental expedido pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

O motorista do caminhão e o responsável pela empresa foram conduzidos até a Delegacia de Rebouças. Eles assinaram o Termo Circunstanciado e foram liberados. O caso será repassado para o IAP, que irá realizar a autuação na esfera administrativa.

Denúncias

A Polícia Militar Ambiental informa que as denúncias sobre crimes ambientais na região Centro-Sul e Campos Gerais podem ser realizadas no Posto Policial Militar Ambiental de Vila Velha através dos telefones (042) 3228 1581 ou pelo email: bpambfv-vilavelha@pm.pr.gov.br.

Responsável por serraria não comprovou a origem do produto
Mais de 13 metros cúbidos de madeira foram apreendidos

Comentários