Política e Eleição / Notícias

25/05/12 - 02h36 - atualizada em 28/05/12 às 16h36

Marisa Lucas é pré-candidata à prefeitura pelo PSC

Marisa Lucas continua sendo o nome do PSC para a prefeitura de Irati, mesmo após o anúncio de Sidão como pré-candidato do PSD ao executivo municipal
Marli Traple


Marisa Lucas vice-prefeita durante as duas últimas gestões
Dando continuidade à série “Najuá Eleições 2012”, Amauri Kubaski, presidente do diretório regional do Partido Social Cristão – PSC,em Irati, foi entrevistado na semana passada (a entrevista completa está disponível no final desta matéria). Ele destacou a atuação de Marisa Lucas como vice-prefeita nas duas últimas gestões e do vereador Anselmo Wnuk. “A atuação da Marisa e do Wnuk foram fundamental para o fortalecimento do partido”. Além das lideranças locais, ele lembrou também da entrada do deputado federal Ratinho Junior. “O Ratinho [Junior] alavancou o partido que hoje tem uma representatividade muito grande em todas as esferas”.

A julgar pelo andar das negociações, Marisa Lucas será o nome do PSC para a prefeitura de Irati, mesmo com o anúncio do vereador Sidnei Jonaldo Jorge (Sidão) como pré-candidato do PSD ao executivo municipal. Segundo Kubaski, isso não afeta em nada o partido, pois ele entende que a atual vice-prefeita tem condições e autonomia para pleitear o cargo independente da definição das outras siglas. Com o nome de uma mulher na frente principal, o presidente fala que o partido encontra resistência do sexo feminino para ingressar na política. Apesar desta dificuldade, ele conta que um grupo de mulheres com reais possibilidades de eleição foi constituído para disputar vagas na Câmara Municipal.

Família Lucas

Caso a probabilidade de o deputado estadual Marcelo Rangel disputar a prefeitura de Ponta Grossa se confirme, a disponibilidade do ex-deputado Felipe Lucas ocupar a vaga deixada por ele na Assembleia Legislativa (Alep) chegou a ser cogitada. Nas conversas políticas, muitos temiam que com a ida de Felipe para a Alep a candidatura de Mariza, que é sua esposa, poderia ser ameaçada pelos seus rivais. Porém, Kubaski lembrou que antes de Felipe assumir precisaria que mais dois deputados se afastassem. “Precisa o deputado Cesar Silvestri Filho e Douglas Fabricio, que é de Campo Mourão, se afastem para que o Felipe assuma. E mesmo se isso ocorrer, em nada vai interferir na candidatura da Marisa”.

Sobre Rafael Lucas, filho de Mariza e Felipe que hoje é vereador pelo Partido Socialista Brasileiro - PSB e poderia ser indicado pelo seu partido para a mesma disputa, Kubaski acredita em consenso. “Neste caso haveria consentimento por parte do Rafael que não sairia se a mãe fosse candidata”.

Coligações

Amauri Kubaski, presidente do PSC foi mais um entrevistado do Quadro "Najuá Eleições 2012"
Segundo o presidente, o diretório regional segue as mesmas alianças seladas na esfera nacional que envolve o Partido Popular Socialista - PPS, PSB, Partido da República - PR e Partido Progressista Brasileiro - PPB.“Todos os partidos necessitam de coligações, por melhor que sejam os nomes. Isso porque corre o risco de não alcançar legenda e não eleger nenhum candidato para o legislativo”.Ele também fala em uma estratégia do partido para aumentar a representação com o lançamento de mais candidaturas para deputado estadual no próximo pleito, daqui a dois anos. Para tanto, “o apoio de Ratinho Junior vai ser importante, uma vez que ele já manifestou esta intenção”.

Preparação

“Os encontros preparatórios que o PSC tem realizado para os pré-candidatos servem para se ter uma ideia do número de candidatos para este ano e também para fortalecer a ideologia política do partido, que é a fidelidade, exercida a partir do momento em que o cidadão se filia”, explicou o presidente. O número de filiados tem aumentado. “Muitas pessoas vieram por vontade própria ao conhecer o trabalho do deputado Ratinho Junior e ao analisar algumas entrevistas dadas por ele na imprensa regional”.

Número de vereadores

“Ficaria feliz se fosse para 20 o número de cadeiras”, inicia Kubaski, para responder sobre o aumento do número de vagas para o legislativo iratiense. No entanto, ele completa que mais importante que quantidade é o desempenho dos parlamentares. “Espero que a população avalie bem os seus candidatos porque não é o número de vereadores que pode fazer uma Câmara competente, mas sim a qualidade [do trabalho] das pessoas. Portanto votem não pela popularidade, mas principalmente pela capacidade”- finaliza.



Comentários