Política e Eleição / Notícias

23/05/17 - 16h00 - atualizada em 23/05/17 às 16h11

Nei Cabral assume liderança do prefeito na Câmara de Irati

Mesmo contra orientação do PDT, vereador decidiu aceitar o convite do prefeito Jorge Derbli (PSDB)

Paulo Henrique Sava

PUBLICIDADE
O vereador Valdenei Cabral da Silva (PDT) anunciou que foi escolhido como novo líder do prefeito Jorge Derbli (PSDB) na Câmara de Irati. O anúncio foi feito durante a sessão ordinária desta segunda-feira, 22, do Legislativo iratiense.  

Segundo o vereador, o convite para que ele assumisse a liderança do governo na casa foi feito pelo próprio prefeito. Nei diz que pretende colaborar com a atual administração na divisão de tarefas do município. “No momento, pedi alguns dias para pensar, consultei alguns amigos, algumas lideranças, e no final confesso aos senhores que tomei uma decisão pessoal. Alguns aceitaram, outros nem tanto, mas eu cheguei à conclusão que aceitaria porque pretendo colaborar com a atual administração. Pretendo dividir as tarefas. Tenho um bom relacionamento com os vereadores desta casa, e até por isto fiquei muito tranquilo para aceitar este convite”, comentou. 

Depois de agradecer o apoio dos demais vereadores, apesar de algumas divergências, Nei afirmou que pretende “deixar a técnica acima das questões políticas”. “Fizemos as nossas campanhas, apesar de eu estar em um partido de oposição ao prefeito, mas sempre tivemos um bom relacionamento, sempre nos respeitamos, e eu, em momento algum, falei alguma coisa que denegrisse a imagem do atual prefeito. Vemos os trabalhos feitos, vemos que a comunidade está satisfeita, e sabemos que vêm muitos desafios pela frente. Neste momento, estou me colocando à disposição dos senhores, quero ser um elo de ligação e sanar algumas dúvidas. Quero ser um vereador parceiro para que possamos conduzir e levar o nosso município adiante da melhor maneira possível”, comentou. 

Posição do diretório 

O diretório municipal do PDT de Irati não aprovou a decisão tomada pelo vereador Nei Cabral. Em nota publicada nas redes sociais, o ex-prefeito Odilon Burgath afirmou que o partido não autorizou o parlamentar a assumir a liderança do governo municipal na Câmara. Na nota, o ex-prefeito afirma que o vereador foi orientado a não aceitar o convite de Derbli. 

“O caso será levado à Comissão de Ética do partido para providências, assim como de todo e qualquer filiado que tome atitudes contrárias à orientação da direção municipal”, afirmou, em nota, o ex-prefeito de Irati. 

O vereador Nei Cabral disputou as eleições de 2016 pelo PDT de Odilon, que tentava a reeleição, mas acabou sendo derrotado por Derbli.  

Vereador Nei Cabral (PDT) aceitou o convite de Jorge Derbli (PSDB) para assumir a liderança do governo na Câmara

PUBLICIDADE


Comentários